O maior canal de informação do setor

Colaboradores de rede de farmácias fazem campanha e vendem medicamentos por R$0,10

162

Conforme relatou o gerente da farmácia Franksson Silva, essa ação foi idealizada pelos colaboradores da unidade, que no dia a dia se deparam com clientes que precisam comprar o medicamento, mas que ficam na dúvida, pois o dinheiro está curto, tendo em vista que muitos trabalham no comércio, e por conta da pandemia, do lockdown estão parados, perderam o emprego ou parte da renda, enfim, estão passando por um momento bem difícil. Isso sensibilizou a equipe e fez com que eles elaborassem o projeto para apresentar a empresa.

Veja também: Empregos na área de farmácia devem crescer 15% em Maio

Ainda de acordo com o gerente, a empresa retornou com a seguinte posição, ela cederia uma quantidade de medicamento que tem o foco em amenizar os sintomas da gripe, e da covid em sua forma mais leve, porque como essa doença é altamente contagiosa uma grande parte da população vai acabar sendo contaminada, alguns casos serão graves, outros terão sintomas amenos, mas de toda maneira as pessoas irão necessitar desse tipo de medicamento.

Siga nosso Instagram

Intitulada Ultra em Ação essa campanha teve como objetivo oferecer aos clientes que realizavam suas compras na loja um medicamento no valor simbólico no custo de r$ 0,10 (dez centavos), isso porque a lei não permite que medicamentos sejam entregues gratuitamente.

Para essa ação a empresa buscou a parceria com o laboratório, e conseguiu adquirir um total de 12 mil e 500 caixas do antigripal.

O gerente da loja ressaltou que esse medicamento tem como valor estabelecido pelo governo r$ 17,90, levando em consideração esse preço de venda, a empresa através dessa ação está contribuindo com mais de 200 mil reais de medicamentos em benefício a população do bairro.

O nosso objetivo foi atingido, cada cliente que veio na loja nesse período teve a oportunidade de levar para a casa o medicamento que vai auxiliar a família no combate a esses sintomas, individualmente sabemos que é um pequeno gesto, acreditamos ainda que a maior contribuição não tenha sido financeira, mas emocional’, finalizou.

Fonte: Folha de Lucas

Você pode gostar também

Esse site utiliza cookies para aprimorar sua experiência de navegação. Mas você pode optar por recusar o acesso. Aceitar Consulte mais informação