O maior canal de informação do setor

Panvel prevê R$ 3,2 bilhões de receita com apoio de startups

339

Home care e marketplace são as novas apostas da Panvel

Uma das top 5 do ranking do grande varejo farmacêutico nacional, segundo a Abrafarma, a Panvel aposta no apoio de startups para alcançar a receita recorde de R$ 3,2 bilhões em 2021, com a meta de R$ 6 bilhões em 2025.

Nesta quarta-feira, dia 1º, a rede vinculada ao Grupo Dimed estreia seu primeiro programa de aceleração de startups, com enfoque em empresas das áreas de saúde, bem-estar, experiência do cliente e inteligência operacional. As informações são da Exame.

Veja também: Rede Pague Menos abre novas vagas de emprego em Barreiras, Salvador, Vitória da Conquista e outras…

“A Panvel é inovadora há muitas décadas. Nunca fomos a empresa que mais investe em tecnologia, mas nos destacamos por fazer as melhores escolhas, aquelas que fazem mais sentido para o cliente e para o crescimento da companhia”, enfatizou Antônio Napp, diretor financeiro e de relações com investidores.

A iniciativa integra a área de inovação da rede, a Panvel Labs. No início de novembro, a empresa também implementou um comitê de inovação, cuja atribuição será a de liderar projetos de transformação digital e mobilizar todos os departamentos em torno desse ecossistema.

Siga nosso Instagram

O programa de aceleração busca recrutar startups em fase de MVP (mínimo produto viável, na sigla em inglês) e tração, que terão mentorias especializadas e suporte para o desenvolvimento dos seus produtos. As inscrições podem ser feitas até 14 de janeiro.

Startups já integradas à rede

Atualmente, 18 jovens empresas já estão conectadas à rede. Entre os benefícios proporcionados por essas parcerias estão a possibilidade de compra por meio de QR Codes no celular, sem a necessidade de passar pelo caixa da loja, além de um sistema que alerta o cliente quando o remédio de uso contínuo está perto do fim.

A Panvel também implementou cinco plantas de energia fotovoltaica na Região Sul, que abastecem mais de 40% das lojas de rua. A previsão é levar a tecnologia a todos os mais de 500 PDVs até o fim de 2022.

 

Fonte: Redação Panorama Farmacêutico


Cadastre-se para receber os conteúdos também no WhatsApp  e no Telegram

Jornalismo de qualidade e independente
Panorama Farmacêutico tem o compromisso de disseminar notícias de relevância e credibilidade. Nossos conteúdos são abertos a todos mediante um cadastro gratuito, porque entendemos que a atualização de conhecimentos é uma necessidade de todos os profissionais ligados ao setor. Praticamos um jornalismo independente e nossas receitas são originárias, única e exclusivamente, do apoio dos anunciantes e parceiros. Obrigado por nos prestigiar!

Veja também: https://panoramafarmaceutico.com.br/colgate-quer-atender-farmacias-independentes-com-loja-virtual/

Você pode gostar também

Esse site utiliza cookies para aprimorar sua experiência de navegação. Mas você pode optar por recusar o acesso. Aceitar Consulte mais informação