fbpx

Como fazer o autoteste Covid-19? Descubra a forma certa e onde usar!

A Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) aprovou no final de janeiro a comercialização do chamado autoteste COVID-19. Esses testes, que podem ser feitos em casa pelos pacientes sem a ajuda de profissionais de saúde, são mais uma ferramenta para diagnosticar a infecção por coronavírus.

Pois, vamos com calma. Ainda existem barreiras legais às vendas e, mesmo que comecem, isso não significa que os autotestes substituirão completamente outros testes de laboratório.

Neste artigo, esclareceremos as principais dúvidas sobre esse tema.

Na verdade! O que é o autoteste? Descubro em poucos minutos aqui!

Os autotestes autorizados pela Anvisa são semelhantes aos testes rápidos de antígeno, mas podem ser feitos em casa por um leigo. O kit vem com um dispositivo de teste, tampão de extração, filtro e swab – um swab para coleta nasal. O teste é diferente do RT-PCR, usado como padrão-ouro para detectar a COVID-19.

O autoteste autorizado brasileiro identifica os antígenos virais, as estruturas virais que fazem com que o organismo desenvolva uma resposta imune – anticorpos.

E qual o seu objetivo e para que serve?

Os auto-exames são importantes para monitorar a progressão da doença de um paciente. A pessoa pode ser testada para ver se ainda dá positivo, mas principalmente como precaução. Ela pode se testar para evitar espalhar a doença, saber se ela é positiva ou negativa e quantos dias se passaram – e conseguir iniciar, estender ou quebrar a quarentena.

Você pode testar a si mesmo agora? Quanto custa e onde comprar?

A autoverificação ainda não está disponível para compra. De acordo com a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), toda empresa interessada em comercializar uma versão de seu produto precisa solicitar o registro junto à agência, que analisará cada solicitação. Até 9 de fevereiro, mais de 50 solicitações foram feitas, mas nenhuma foi aprovada. O início das vendas está previsto para março, segundo a Abrafarma, associação que representa a maior rede farmacêutica do país.

As empresas podem comprar autotestes e distribuí-los aos funcionários. Não há restrições quanto a isso.

Um autoteste pode ser usado como certificado de viagem e/ou atestado médico?

Não. O autoteste não gera um relatório. Esta será a informação de uso pessoal. Por exemplo, ele não pode ser usado como prova de viagem internacional e não é aceito diretamente pelo empregador para a demissão de um emprego. A orientação é, em caso de resultado positivo, procurar um médico.

Quando alguém com suspeita de Covid-19 deve fazer o autoteste?

3 a 7 dias após o aparecimento dos sintomas da Covid. Ao entrar em contato com uma pessoa infectada, é necessário esperar alguns dias para evitar falsos negativos, pois não há vírus suficiente no organismo para o teste detectar.

Por que os autotestes podem dar falsos negativos?

Porque mesmo que o vírus esteja presente, ele pode não conseguir detectá-lo – especialmente se você não tiver sintomas da doença. Nos casos assintomáticos, os especialistas acreditam que a carga viral é menor e o risco de falsos negativos antigênicos é maior. Em outras palavras, o ideal para pacientes assintomáticos é o RT-PCR.

Existe RT-PCR no autoteste?

Não! O teste de PCR envolve várias reações laboratoriais e requer equipamentos mais sofisticados que podem ser usados ??em laboratórios preparados para biologia molecular.

Fonte: Cenário MT

Cadastre-se para receber os conteúdos também no WhatsApp  e no Telegram

Jornalismo de qualidade e independente O Panorama Farmacêutico tem o compromisso de disseminar notícias de relevância e credibilidade. Nossos conteúdos são abertos a todos mediante um cadastro gratuito, porque entendemos que a atualização de conhecimentos é uma necessidade de todos os profissionais ligados ao setor. Praticamos um jornalismo independente e nossas receitas são originárias, única e exclusivamente, do apoio dos anunciantes e parceiros. Obrigado por nos prestigiar!
Notícias relacionadas

Esse site utiliza cookies para aprimorar sua experiência de navegação. Mas você pode optar por recusar o acesso. Aceitar Consulte mais informação

viagra online buy viagra