Fique por dentro dos principais FATOS e TENDÊNCIAS que movimentam o setor

Conheça as formas farmacêuticas da cannabis medicinal

Acompanhe as principais notícias do dia no nosso canal do Whatsapp

Conheça as formas farmacêuticas da cannabis medicinal

Um mapeamento realizado pela Kaya Mind aponta que existem 45 novas formas farmacêuticas de consumo da cannabis medicinal e elenca a quantidade de produtos derivados de cada uma delas.

 

Os novos modelos de uso atendem diferentes perfis de pacientes e necessidades terapêuticas. De acordo com a startup, os óleos e as tinturas ainda são a maioria, com cerca de 866 produtos. A bala de goma e as cápsulas em gelatina mole ocupam o segundo e terceiro lugares – 183 e 167 itens respectivamente.

Principais formas farmacêuticas
da cannabis medicinal (em %)

Pasta1
Fonte: Kaya Mind

Formas farmacêuticas de cannabis

Em um artigo publicado no portal Webrun, o médico otorrinolaringologista Roberto Beck detalha várias maneiras de se prescrever fitocanabinoides e qual a indicação para cada uma delas.

Óleo – É a forma mais comum, composta por canabinoides específicos ou full spectrum (planta como um todo), além de terpenos. O uso se dá através de gotas aplicadas embaixo da língua de acordo com a prescrição médica. Podem ser usados para dor crônica, epilepsia, ansiedade, depressão e insônia, entre outras doenças

Gomas – Pode conter diversas formulações e composições. Costuma ser uma boa indicação para praticantes de esportes como ciclismo, mountain bike e maratona. Ajudam no controle da dor e inflamação durante os treinos longos

Balm ou roll-on – São usados para tratamentos de dores e processos inflamatórios locais. Muitos estudos têm mostrado indicações para doenças dermatológicas como úlceras de pressão, urticária e psoríase

Cápsulas e comprimidos – Têm o mesmo princípio do óleo, mas já com dose determinada e fixa. São mais fáceis de ingerir e não apresentam nenhum sabor

Spray – Tem indicação para uso na fase aguda de dor e quadros convulsivos

Patches e adesivos – Usados para tratamento de dor local

Creme dental e colutório – São indicados para tratamentos odontológicos, como as periodontites

Dermocosméticos e sais de banho  Podem ser usados para maquiagem, tratamento de acne, pele seca, entre outras. Os sais de banho, quando dissolvidos na água, proporcionam relaxamento muscular e alívio de dores

Supositório – Indicados para pacientes com dificuldade para absorção e ingestão de medicamentos por via oral. Tem boa e rápida absorção

Flor – Pode ser vaporizado e usado para tratamento de dor intensa e aguda. Tem rápida absorção. Atualmente tem sua distribuição suspensa no Brasil.

Segundo Beck, a escolha da forma farmacêutica é conduta do médico e será determinada de acordo com a indicação de cada paciente.

Notícias mais lidas

Notícias Relacionadas

plugins premium WordPress