O maior canal de informação do setor

Depois de aposta em produção nacional, Cuba adota vacina chinesa contra covid

75

Cuba começou a aplicar a vacina contra a covid-19 da farmacêutica chinesa Sinopharm no domingo (29.ago.2021). Até então, o país usava exclusivamente 3 vacinas de fabricação própria.

Agentes de saúde deram início à aplicação de duas doses do imunizante chinês na província central de Cienfuegos. A vacina será combinada com um reforço de produção local cubana. As informações são do jornal estatal 5 Septiembre.

Receba a newsletter do Poder360

A epidemiologista María Eugenia Toledo Ramoní, do Instituto de Medicina Tropical Pedro Kourí, afirmou ao jornal que, na 1ª etapa da vacinação, será aplicada uma combinação da vacina da Sinopharm com uma 3ª dose da Soberana Plus, de fabricação cubana, na população com mais de 19 anos nos municípios de Cienfuegos.

A partir de 5 de setembro, a vacinação será estendida aos adolescentes de 12 a 18 anos, que receberão duas doses da Soberana 02 e uma da Soberana Plus.

O país havia apostado na ‘soberania’ tecnológica para conter a covid-19, com aplicação exclusiva de vacinas nacionais. Em abril, o presidente da Biocubafarma, grupo estatal das indústrias biotecnológicas e farmacêuticas de Cuba, Eduardo Martínez, afirmou que o país caminhava ‘para a conquista de uma soberania’ que permitisse ‘enfrentar o complexo panorama epidemiológico como um todo’. A declaração foi divulgada pela agência EFE.

‘A decisão de aplicar a vacina da Sinopharm em Cienfuegos está associada a limitações na disponibilidade de doses das vacinas de Cuba e a urgência causada pela explosão de casos’, afirmou Amilcar Perez Riverol, pesquisador cubano da Unesp (Universidade Estadual Paulista), em publicação no Facebook.

Segundo ele, a campanha de vacinação no país ‘ficou muito abaixo das projeções iniciais’ e ‘não conseguiu cumprir a projeção para julho de 2021, que era de 33,5%’. A previsão para agosto era de 70% da população totalmente vacinada. Os dados mais recentes disponíveis no painel Our World in Data mostram que a proporção da população totalmente vacinada era de 31% na 6ª feira (28.ago). Menos da metade da população recebeu ao menos uma dose (48,2%).

Compare a projeção de vacinação em Cuba aos números mais recentes:

Cronograma de vacinação

Percentual da população vacinada até 28 de agosto

Segundo o painel Worldometer, Cuba tem 646.513 casos de covid-19 e 5.219 mortes, com 461 óbitos a cada milhão de habitantes. Houve uma escalada do número de novos casos diários em agosto, quando a média móvel em 7 dias ultrapassou 9.000 casos pela 1ª vez. No domingo (29.ago), indicava 8.163 diagnósticos positivos.

No Brasil, a vacina da Sinopharm está em análise pela Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária). Segundo o órgão, a fabricante precisa apresentar informações para que os técnicos continuem o processo.

Fonte: Poder 360

Veja também: https://panoramafarmaceutico.com.br/mais-de-40-da-venda-no-varejo-esta-na-mao-de-dez-farmaceuticas/

Você pode gostar também

Esse site utiliza cookies para aprimorar sua experiência de navegação. Mas você pode optar por recusar o acesso. Aceitar Consulte mais informação