O maior canal de informação do setor

Dia do Idoso: os farmacêuticos mais antigos do país

1.221
Dia do Idoso: os farmacêuticos mais antigos do país
Crédito: Lumini

 

Neste Dia Mundial do Idoso (1º de outubro), mostramos exemplos de amor à carreira de farmacêutico que desconhecem os limites da idade. Segundo um censo do Conselho Federal de Farmácia (CFF) realizado em 2015, apenas 0,2% dos farmacêuticos em atuação no Brasil têm acima de 69 anos. São poucos, mas com uma riqueza de conhecimentos inspiradora e experiência para testemunhar as constantes transformações desse mercado.

Do alto de seus 93 anos de idade, Mário Lima Colen é o farmacêutico mais antigo da Drogaria Araujo. Ele iniciou a trajetória na rede mineira em 1975. “Quando comecei na profissão eu trabalhava em todas as áreas, médico, dentista, psicólogo, era tudo e não era nada. Com a criação do nosso conselho, em 1960, as coisas começaram a mudar. Hoje participamos do grupo de profissionais de saúde do Ministério da Saúde, hoje já existe um farmacêutico lá e isso é uma grande evolução”, comenta.

“Vejo a transformação acontecendo, hoje é totalmente diferente, nós não nos limitamos a pegar o medicamento e entregar ao cliente, nós participamos da vida dele”, completa.

A 57ª farmácia do Brasil

Dia do Idoso: os farmacêuticos mais antigos do país
Crédito: Nando Santos/BoqNews

Os documentos não mentem. A Farmácia Brasília, localizada na Ponta da Praia, em Santos (SP), está registrada como o 57º estabelecimento do gênero do Brasil. A inauguração ocorreu em 1957.

A farmácia é o resultado do empreendedorismo de Walter Henrique. Em entrevista ao jornal BoqNews, ele relembrou sua trajetória. O garoto da pequena cidade de Potirendaba, vizinha a São José do Rio Preto (SP), decidiu sair do interior para buscar novos horizontes em Santos, em plena Segunda Guerra Mundial.

Na prática, assimilou conhecimentos sobre as formulações de medicamentos. Chegou a ter duas farmácias antes de inaugurar a atual, que se tornou uma referência para os moradores da região.

Pioneirismo

Dia do Idoso: os farmacêuticos mais antigos do país
Crédito: divulgação

O cearense Felizardo de Pinho Pessoa Filho chegou aos 103 anos. Não há dados oficiais, mas muitos profissionais o consideram como o farmacêutico mais velho do país. Ele já não está mais na linha de frente. Porém, destaca-se por contribuições para a saúde brasileira. Foi o primeiro profissional no Brasil a notificar a ocorrência de um surto de casos de leishmaniose visceral, conhecida como calazar e transmitida pela picada do mosquito-palha. A doença pode ser fatal sem o diagnóstico rápido e o uso de medicamentos.

Felizardo chegou a seguir carreira política, mas é a carreira original que garante os melhores depoimentos, como o que realizou após receber o título de Cidadão de Fortaleza. “Meu pai, de saudosa memória, veio me dar os parabéns e disse: ‘Meu filho, quero lhe pedir duas coisas: que você se forme em Farmácia para continuar com a tradição da nossa farmácia, e nunca deixe um pobre sair da nossa farmácia sem ser medicado. Se para curar aquele doente que procurou remédio precisar de um remédio caríssimo, dê. Você não vai ter prejuízo’. Foi a maior verdade, e isto é o que eu tenho feito até hoje. Portanto, quem quiser viver muito, ame ao próximo, porque foi isso que eu fiz a minha vida toda”, aconselhou.

Fonte: Redação Panorama Farmacêutico


Cadastre-se para receber os conteúdos também no WhatsApp  e no Telegram

Jornalismo de qualidade e independente
Panorama Farmacêutico tem o compromisso de disseminar notícias de relevância e credibilidade. Nossos conteúdos são abertos a todos mediante um cadastro gratuito, porque entendemos que a atualização de conhecimentos é uma necessidade de todos os profissionais ligados ao setor. Praticamos um jornalismo independente e nossas receitas são originárias, única e exclusivamente, do apoio dos anunciantes e parceiros. Obrigado por nos prestigiar!

Você pode gostar também

Esse site utiliza cookies para aprimorar sua experiência de navegação. Mas você pode optar por recusar o acesso. Aceitar Consulte mais informação