fbpx

Diretor da Anvisa discute análise de vacinas com governadores

Atendendo a convite do Fórum Nacional dos Governadores, o diretor-presidente da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), Antonio Barra Torres, participou nesta segunda-feira (15) de reunião virtual com governadores. Liderado por Wellington Dias, do Piauí, o grupo pediu informações sobre o andamento da análise das vacinas Sputnik V, Covaxin e o funcionamento do consórcio Covax Facility.

Barra Torres informou que, até o momento, a Anvisa não está realizando análise de processos das vacinas Sputnik V e Covaxin, pois não foram apresentados documentos sobre os dois imunizantes. Ou seja, não há pedidos de uso emergencial ou registro para as duas vacinas.

Em relação ao consórcio Covax Facility, o diretor-presidente explicou que as vacinas poderão chegar ao Brasil sem necessidade de uso emergencial ou registro na Anvisa. A dispensa é possível porque o consórcio, coordenado pela Organização Mundial de Saúde (OMS), já conta com a participação de especialistas da agência entre os responsáveis pelas análises dos estudos e dados necessários à aprovação das vacinas.

O Covax Facility foi regulamentado pela Anvisa no último dia 2 de fevereiro e se aplica às vacinas importadas via OMS.

Fonte: R7 Notícias

Veja também: https://panoramafarmaceutico.com.br/2021/03/12/anvisa-investiga-possiveis-eventos-adversos-relacionados-a-vacina-da-astrazeneca-no-exterior/

Cadastre-se para receber os conteúdos também no WhatsApp  e no Telegram

Jornalismo de qualidade e independente O Panorama Farmacêutico tem o compromisso de disseminar notícias de relevância e credibilidade. Nossos conteúdos são abertos a todos mediante um cadastro gratuito, porque entendemos que a atualização de conhecimentos é uma necessidade de todos os profissionais ligados ao setor. Praticamos um jornalismo independente e nossas receitas são originárias, única e exclusivamente, do apoio dos anunciantes e parceiros. Obrigado por nos prestigiar!
Notícias relacionadas

Esse site utiliza cookies para aprimorar sua experiência de navegação. Mas você pode optar por recusar o acesso. Aceitar Consulte mais informação

viagra online buy viagra