Fique por dentro dos principais FATOS e TENDÊNCIAS que movimentam o setor

Elfa Medicamentos recebe R$ 620 mi do Pátria

Acompanhe as principais notícias do dia no nosso canal do Whatsapp

Elfa Medicamentos

A Elfa Medicamentos recebeu um aporte no valor de R$ 620 milhões do Pátria, que intensifica sua aposta na distribuidora. Em janeiro, o private equity já havia injetado R$ 253,63 milhões na companhia. As informações são do Pipeline do Valor Econômico.

Em entrevista ao veículo, o CEO da distribuidora, Andrés Cima, reiterou que o investimento demonstra a confiança do Pátria na atuação da empresa. “Esse aporte reforça nossa estrutura de capital, reduzindo alavancagem e nos permitindo continuar crescendo duplo dígito”, completa.

Elfa Medicamentos realizou 13 M&As em três anos

Desde 2014, o Pátria atua no capital da Elfa. De lá para cá, a empresa colocou em sua alça de mira as M&As, foco esse que se tornou ainda mais presente nos últimos três anos.

Das 20 operações do tipo realizadas, 13 foram nesse período. E o movimento não para por aí. “Essa agenda continua. Temos um pipeline robusto para continuar os M&As em 2024”, garante Cima.

Números em manutenção

Se quando o assunto são as M&As tudo vai bem, a rentabilidade ainda é o grande desafio. Com uma alta na comparação anual de 16,3%, a receita operacional líquida para o 1T23 ficou em R$ 1,53 bilhão.

Já o Ebitda ajustado teve uma queda de 0,6% e margem de 3,8%, em linha em relação ao mesmo período de 2022, totalizando R$ 58,6 milhões.

A diminuição do prejuízo líquido em 353,5% foi um dos destaques, ficando o indicador pouco superior aos R$ 74 milhões.

IPO no horizonte

O caminho lógico para a Elfa Medicamentos, agora, é pensar em entrar na Bolsa de Valores. Esse movimento já foi planejado no passado, mas, com um mercado de “mau humor”, os planos ficaram para o futuro.

Agora, com investidores mais “bem-humorados”, a empresa já tem toda a estrutura para dar esse passo. “O IPO da Elfa é uma decisão que cabe ao acionista. A companhia já é aberta e está pronta, parece que o mercado está de bom humor, mas janelas abrem e fecham”, analisa o executivo.

Empresas do setor que já estão na Bolsa, como a Viveo e a Profama, registraram crescimento, respectivamente, de 30% e 15% no preço de suas ações, o que mostra a solidez do mercado.

Gestão de estoque hospitalar no portfólio

Cliente do Grupo Elfa desde 2019, o Hospital Sírio-Libanês trouxe para seu parceiro logístico um desafio: a gestão do estoque diante de um cenário de espaço físico cada vez mais limitado.

O crescimento dos negócios do hospital tornou desafiador armazenar medicamentos e insumos médico-hospitalares, essenciais para o atendimento aos pacientes.

A distribuição, então realizada em vários locais e andares, também dificultava o acompanhamento e gerenciamento do estoque, composto por mais de 1.400 produtos com diferentes características e comprados de diversos fornecedores.

O Grupo Elfa apresentou uma nova opção de serviço, no qual a empresa passa a ser a responsável pela gestão de estoque do hospital. Assim, passou a concentrar os produtos em um único centro de distribuição, fora da área hospitalar, com a garantia de entrega de insumos e medicamentos sob demanda e dentro do prazo.

Essa gestão funcionou tão bem que hoje a empresa opera todo o processo logístico, desde o recebimento de fornecedores, gestão de estoque, separação dos itens e até a montagem dos kits e envio diário dos produtos diretamente para o local de consumo do hospital.

Notícias Relacionadas

plugins premium WordPress
error: O conteúdo está protegido !!