O maior canal de informação do setor

EMS adere à campanha Novembro Azul com ações de conscientização

646

EMS – O câncer de próstata mata mais de 15 mil brasileiros do sexo masculino todos os anos, segundo dados do Instituto Nacional do Câncer (Inca). Para alertar sobre os riscos e estimular os cuidados com a saúde do homem, a EMS – maior indústria farmacêutica no Brasil – adere mais uma vez à campanha Novembro Azul e promove uma série de iniciativas de conscientização sobre a doença.

‘O cuidado com as pessoas é a nossa missão e a promoção da saúde é o que move a empresa. Sabemos como é importante divulgar informação correta e alertar sobre atitudes e exame preventivos como elementos-chave para garantir mais qualidade de vida’, ressalta Josemara Tsuruoka, gerente de Marketing Institucional da EMS.

Uma das ações de destaque da empresa será realizada em um dos cartões-postais de Campinas (SP). A Caravela ‘Anunciação’, que é uma réplica da nau que trouxe Pedro Álvares Cabral e sua comitiva ao Brasil, será iluminada de azul. A mesma iluminação tingirá a fachada de 4 mil m² da sede da EMS, localizada na cidade vizinha de Hortolândia, podendo ser vista pelos veículos que transitarem à beira da rodovia Jornalista Francisco Aguirre Proença ou até a muitos metros de distância da empresa.

Os colaboradores e público externo terão acesso, via site da empresa, a um folheto eletrônico com conteúdo educativo. Nas redes sociais, a farmacêutica também chamará a atenção para o diagnóstico precoce do câncer de próstata. Os e-mails dos colaboradores ganharão assinatura com selo do ‘Novembro Azul’.

‘Pouco mais da metade dos nossos colaboradores é formada por homens e 31% deles têm idade acima de 40 anos, faixa etária importante para conscientizar sobre a campanha e sobre prevenção’, acrescenta Tsuruoka.

Números do câncer de próstata

De acordo com o Instituto Nacional do Câncer (Inca), este é o segundo câncer mais comum em homens, correspondendo a 13,5% de todos os cânceres no mundo, atrás dos tumores de pele não-melanoma. No Brasil, a doença corresponde a 29,2% dos tumores malignos em homens. Estima-se que, em 2022, ocorrerão 65.840 casos novos de câncer de próstata no país. O crescimento das taxas de incidência é um reflexo do aumento da expectativa de vida, uma vez que 75% dos casos ocorrem a partir dos 65 anos.

Dados do Ministério da Saúde apontam também que cerca de 60% das mortes pela doença se concentram entre idosos de mais de 75 anos e 38% entre adultos e idosos de 55 a 74 anos. Os fatores de risco estão relacionados com histórico familiar, alterações genéticas, obesidade, sedentarismo e tabagismo.

Fonte: Federação Brasileira das Redes Associativistas e Independentes de Farm

Veja também: https://panoramafarmaceutico.com.br/pague-menos-amplia-vendas-da-industria-com-equipes-exclusivas-e-tecnologia/

Você pode gostar também

Esse site utiliza cookies para aprimorar sua experiência de navegação. Mas você pode optar por recusar o acesso. Aceitar Consulte mais informação