Fique por dentro dos principais FATOS e TENDÊNCIAS que movimentam o setor

Erisipela: causas, sintomas e tratamento

Acompanhe as principais notícias do dia no nosso canal do Whatsapp

erisipela

Recentemente o jornalista Evaristo Costa foi hospitalizado por conta de uma infecção bacteriana na pele. Conhecida como erisipela, a doença pode ser classificada como uma erupção cutânea que provoca vermelhidão na pele, seguida de dor, inchaço e descamação da derme, acometendo principalmente a região dos braços, pernas e rosto.

Causas da Erisipela

A erisipela é causada pela bactéria Streptococcus pyogenes, que é transmitida através de contato com objetos infectados ou água contaminada. Ela também pode propagada quando as bactérias pousam em cortes ou arranhões na pele.  Pessoas portadoras de diabetes, má circulação sanguínea ou doenças autoimunes também têm maior probabilidade de desenvolver a infecção.

Sintomas da Erisipela

Os principais sintomas da erisipela incluem vermelhidão, dor, inchaço e descamação da pele. A área afetada pode ficar quente ao longo do tempo e o inchaço também é uma condição comum da doença, que começa a aparecer entre 3 a 4 dias após a entrada do agente na pele.

Tratamento da Erisipela

Normalmente, o tratamento da erisipela dura de 5 a 10 dias e envolve uso de antibióticos para eliminar as bactérias. O protocolo adequado, depende da gravidade e as áreas afetadas.

Prevenção da Erisipela

A melhor forma de prevenção contra a erisipela é proteger a pele comum filtro solar, quando estiver exposto aos elementos. É essencial lavar e desinfetar as mãos com frequência para evitar a entrada de bactérias na pele.

Em casos mais graves, pode ser necessário usar medicamentos especiais para reforçar o sistema imunológico e melhorar a circulação sanguínea. Embora seja possível tratar a erisipela, é melhor preveni-la.

Este conteúdo é meramente informativo e não substitui a consulta médica. Para esclarecimento de dúvidas adicionais sobre uma patologia, medicamento ou tratamento, converse com um profissional de saúde de sua confiança. Evite sempre a automedicação

Notícias mais lidas

Notícias Relacionadas

plugins premium WordPress