Fique por dentro dos principais FATOS e TENDÊNCIAS que movimentam o setor

Eurofarma solicita registro de companhia aberta

Acompanhe as principais notícias do dia no nosso canal do Whatsapp

eurofarma 1

Enquanto a indústria farmacêutica preparava-se para o recesso de fim de ano, a Eurofarma agitava o mercado na última sexta-feira, dia 20. Segundo publicação da Comissão de Valores Mobiliários (CVM), o laboratório brasileiro entrou com um pedido de registro de companhia aberta.

A companhia solicitou o ingresso na chamada categoria A da bolsa de valores, o que a possibilitaria emitir ações no mercado. No entanto, não houve uma requisição para oferta pública de valores mobiliários, embora especialistas acreditem que isso deva ocorrer ainda no início de 2022.

Com operações em 20 países da América Latina e fundada em 1972, a farmacêutica é a terceira maior do ranking nacional e avança mais um passo na estratégia para se aproximar das duas maiores empresas do setor. De acordo com a IQVIA, a Eurofarma apresentou a maior evolução em faturamento acumulado nos últimos cinco anos – 81%.

Nos últimos 12 meses até novembro, porém, o desempenho é inferior ao das duas líderes. Com receita de R$ 10,5 bilhões, a empresa cresceu 13% em comparação ao período anterior, contra 17,6% do Grupo NC, controlador da EMS (R$ 17,7 bilhões); e de 15,5% da Hypera Pharma (R$ 11,4 bilhões).

Investimentos agressivos em 2021

Em 2021, a Eurofarma reforçou investimentos em inovação e na ampliação do portfólio. A farmacêutica destinou recursos de R$ 420 milhões em pesquisa e desenvolvimento, aporte 45% maior do que o injetado no ano passado. Também apostou na entrada em outros segmentos por meio da compra de startups como a The Men’s, especializada em saúde e bem-estar masculino.

No segundo semestre, a companhia foi ainda mais ostensiva ao anunciar uma parceria com a Pfizer no Brasil, tornando-se produtora exclusiva das vacinas do laboratório norte-americano contra a Covid-19.

No último mês de novembro, formalizou a compra de linhas de medicamentos da Hypera Pharma, em uma transação de US$ 51,6 milhões que envolveu as operações da Colômbia e do México. A perspectiva é fazer com que as operações internacionais respondam por 30% do faturamento até 2022. Atualmente, a fatia é de 20%.

Fonte: Redação Panorama Farmacêutico


Cadastre-se para receber os conteúdos também no WhatsApp  e no Telegram

Jornalismo de qualidade e independente
Panorama Farmacêutico tem o compromisso de disseminar notícias de relevância e credibilidade. Nossos conteúdos são abertos a todos mediante um cadastro gratuito, porque entendemos que a atualização de conhecimentos é uma necessidade de todos os profissionais ligados ao setor. Praticamos um jornalismo independente e nossas receitas são originárias, única e exclusivamente, do apoio dos anunciantes e parceiros. Obrigado por nos prestigiar!

Veja também: https://panoramafarmaceutico.com.br/desmonte-ou-retomada-farmacia-popular/

Notícias Relacionadas

plugins premium WordPress
error: O conteúdo está protegido !!