O maior canal de informação do setor

Falta de um novo insumo ameaça aplicação das vacinas no Brasil

383

Falta de um novo insumo ameaça aplicação das vacinas no Brasil

A carência e o custo de mais um insumo pode comprometer a atuação do setor farmacêutico e de saúde no combate à pandemia da Covid-19. Além de seringas, fabricantes de insumos médicos alertam para a possível alta no preço do algodão, necessário para aplicação das vacinas, e não descartam a chance de desabastecer o mercado interno.

As informações são da Folha de S.Paulo. De acordo com um boletim da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) no início de fevereiro, os preços do algodão já tiveram acréscimo de 20% e 18% no Mato Grosso e na Bahia, respectivamente. Os dois estados são os maiores produtores do país.

Exportações

Além da demanda interna, as exportações seguem em alta. O Ministério da Economia registrou a venda de 246 mil toneladas de pluma para o Exterior somente nas três primeiras semanas de janeiro. A média diária de remessas para outros países passou de 14 mil para 16 mil toneladas. A receita diária também subiu de US$ 22 milhões para US$ 25,4 milhões.

“Se a exportação caminhar no mesmo ritmo, podemos ter no futuro um desencontro de preço, oferta e demanda. Há estados que também têm aumentado impostos, o que gera mais pressão sobre custos”, enfatiza Fernando Pimentel, presidente da Associação Brasileira da Indústria Têxtil e de Confecção (Abit).

Produção em baixa

 Para completar o cenário de apreensão, a produção interna do Brasil vive um período de baixa e a expectativa é de uma colheita de 2,7 milhões de toneladas neste ano, 9% a menos que em 2020. Esse número é reflexo da menor procura da indústria têxtil por conta da pandemia e o foco dos produtores em commodities como soja e milho.

Fonte: Redação Panorama Farmacêutico


Cadastre-se para receber os conteúdos também no WhatsApp  e no Telegram

Jornalismo de qualidade e independente
Panorama Farmacêutico tem o compromisso de disseminar notícias de relevância e credibilidade. Nossos conteúdos são abertos a todos mediante um cadastro gratuito, porque entendemos que a atualização de conhecimentos é uma necessidade de todos os profissionais ligados ao setor. Praticamos um jornalismo independente e nossas receitas são originárias, única e exclusivamente, do apoio dos anunciantes e parceiros. Obrigado por nos prestigiar!

Você pode gostar também

Esse site utiliza cookies para aprimorar sua experiência de navegação. Mas você pode optar por recusar o acesso. Aceitar Consulte mais informação