O maior canal de informação do setor

Hypera Pharma compra 12 marcas da Sanofi

13.260

Hypera Pharma Movimentação relevante na indústria farmacêutica nacional. A Hypera Pharma anunciou na manhã desta terça-feira, dia 13, a compra de 12 marcas de medicamentos de prescrição e MIPs da Sanofi. O valor da transação é de US$ 190,3 milhões, o equivalente a R$ 983 milhões.

A negociação envolve o portfólio da companhia francesa no Brasil, México e Colômbia. Em território nacional, a relação de produtos inclui o analgésico AAS, o antisséptico Cepacol e o fitoterápico Naturetti. A categoria OTC contempla ainda as marcas Calcigenol, Hexomedine, Melox, Pax e Pepsamar.

Já a lista de medicamentos do segmento Rx reúne o Aturgyl, para o combate à congestão nasal; o Buclina, para estímulo de apetite; o Hidantal (tratamento da epilepsia) e o Sulpan, utilizado em casos de ansiedade.

Em 2020, o Brasil respondeu por 67% do volume de vendas dessas 12 marcas, que viabilizam a entrada da Hypera Pharma na categoria de higiene bucal, além de reforçar a presença no mercado de Consumer Health e em áreas terapêuticas como sistema nervoso central e gastrointestinal.

“Somos uma companhia nacional, alcançando atualmente 96% dos pontos de venda do país, e nossa plataforma operacional nos permitirá fortalecer marcas já bem estabelecidas. Conseguiremos dar mais foco às marcas adquiridas, investindo em marketing e inovação”, comenta o CEO Breno Oliveira.

Como parte da operação, as duas farmacêuticas assinarão acordo de fabricação e fornecimento, por meio do qual a Sanofi continuará a disponibilizar produtos à Hypera Pharma pelo período de três anos. A transação ainda está sujeita à aprovação das autoridades antitrustes.

A Hypera Pharma promete dar mais detalhes sobre a negociação na teleconferência de resultados do segundo trimestre de 2021, prevista para o próximo dia 26 de julho.

Liderança

Esse negócio deve acirrar a disputa pela liderança na indústria farmacêutica. De acordo com a Close-Up International, o Grupo NC, que controla fabricantes como EMS, Brace Pharma e Germed, somou uma receita de R$ 6,46 bilhões nos últimos 12 meses até abril. Quase em empate técnico, a Hypera Pharma teve faturamento de R$ 6,23 bilhões no período.

No primeiro trimestre, a companhia viu a receita líquida chegar a R$ 1,17 bilhão e aumentar 43,7% em relação ao mesmo período do ano passado. A aquisição do portfólio de medicamentos da Takeda e da família Buscopan foi decisiva para esse desempenho. Mas mesmo quando excluídas essas duas operações, o crescimento seguiu em dois dígitos.

Fonte: Redação Panorama Farmacêutico

 


Cadastre-se para receber os conteúdos também no WhatsApp  e no Telegram

Jornalismo de qualidade e independente
Panorama Farmacêutico tem o compromisso de disseminar notícias de relevância e credibilidade. Nossos conteúdos são abertos a todos mediante um cadastro gratuito, porque entendemos que a atualização de conhecimentos é uma necessidade de todos os profissionais ligados ao setor. Praticamos um jornalismo independente e nossas receitas são originárias, única e exclusivamente, do apoio dos anunciantes e parceiros. Obrigado por nos prestigiar!

Leia também: https://panoramafarmaceutico.com.br/brasil-entra-no-top-10-na-venda-de-medicamento-de-alta-complexidade/

Você pode gostar também

Esse site utiliza cookies para aprimorar sua experiência de navegação. Mas você pode optar por recusar o acesso. Aceitar Consulte mais informação