Fique por dentro dos principais FATOS e TENDÊNCIAS que movimentam o setor

Investidor negocia compra da Farmax, mas controle é entrave

Acompanhe as principais notícias do dia no nosso canal do Whatsapp

Compra da Farmax
Foto: Divulgação

O veterano investidor de empresas Rodrigo Galindo negocia agora a possível compra da Farmax. O empresário deseja adquirir uma participação na indústria que tem como meta uma receita de R$ 1 bilhão em dois anos. As informações são do NeoFeed.

Galindo fundou, no fim de 2023, um fundo de private equity, por meio do qual angariou R$ 530 milhões em investimento próprio e também de family offices.

A eventual participação na fabricante seria o primeiro investimento desse fundo. Mas existe um entrave para essa estreia.

Briga por controle trava compra da Farmax 

Segundo apurações da reportagem, existe um importante entrave para que o negócio seja fechado. Atualmente, a Vinci Partners é responsável pela atuação da Farmax.

Com o investimento, Galindo gostaria de assumir o controle da empresa, algo que a Vinci não está disposta a ceder. Os controladores até veem com bons olhos a venda, mas querem seguir no comando.

De acordo com fontes com conhecimento sobre as tratativas, a Vinci não deseja injetar mais fundos na Farmax e, em paralelo, entende que a venda poderia aumentar a marcação a mercado.

Empresa investiu forte em M&A 

Sob a batuta da Vinci, a Farmax aguçou seu olhar no mercado e trouxe para dentro de casa empresas como a Sanavita e a Negra Rosa. Essas aquisições já deram retorno.

Após às compras, o faturamento da indústria subiu para R$ 800 milhões e é com base nessa atuação mais ampla que a companhia acredita no primeiro bilhão já em 2026.

Notícias Relacionadas

plugins premium WordPress