Fique por dentro dos principais FATOS e TENDÊNCIAS que movimentam o setor

Conheça os 10 milionários da indústria farmacêutica

Acompanhe as principais notícias do dia no nosso canal do Whatsapp

Estudo revela os 10 milionários da indústria farmacêutica

Um estudo da Fierce Pharma elencou os dez milionários da indústria farmacêutica. As remunerações desses executivos, somadas, chegam a US$ 376 milhões e incluem salários e bonificações. Em reais, essa fortuna ultrapassa R$ 1,8 bilhão.

Segundo os indicadores, compilados dos demonstrativos de resultados dos laboratórios referentes ao ano passado, os medicamentos inovadores e os investimentos em pesquisa e desenvolvimento de novas terapias por conta da pandemia valorizaram os rendimentos das lideranças do setor.

Só o primeiro colocado deteve mais de um terço (36%) do montante acumulado pelos dez milionários. Leonard Schleifer, que comanda a biofarmacêutica norte-americana Regeneron, teve direito a US$ 135,35 milhões, dos quais US$ 130 milhões correspondem a prêmios em ações.

Milionários da indústria farmacêutica tiveram impulso da Covid

A descoberta do coronavírus estimulou os milionários da indústria farmacêutica até mesmo em laboratórios de médio porte, a exemplo da Regeneron, antes reconhecida somente por acordos de cooperação com a Sanofi.

Ao contrário de farmacêuticas que iniciaram a corrida por vacinas, o laboratório voltou sua atenção para terapias com anticorpos. Como resultado, teve faturamento recorde de US$ 9,2 bilhões e uma lucratividade de US$ 4 bilhões. E decidiu distribuir aos seus principais executivos cinco anos de prêmios de ações antecipados. Até o cientista-chefe George Yancopoulos foi contemplado com a bagatela de US$ 134 milhões.

Segundo lugar na lista, Stanley Erck, da também norte-americana Novavax, recebeu US$ 48,07 milhões. O laboratório mirou todos os seus esforços na vacina do consórcio Covax-Facility, da Organização Mundial da Saúde (OMS).

Nenhuma executiva mulher integra essa relação. A mais bem paga foi Reshma Kewalramani, da Vertex, que faturou US$ 9,11 milhões, cerca da metade dos ganhos do antecessor. Já Emma Walmsley, da GSK, viu seu salário cair de US$ 11,25 milhões para US$ 9,7 milhões.

Os 10 milionários da indústria farmacêutica

Notícias mais lidas

Notícias Relacionadas

plugins premium WordPress