fbpx
O maior canal de informação do setor

Mulheres têm mudado critérios ao escolher produtos de beleza

Uma pesquisa realizada pela startup Opinion Box para a empresa de cosméticos Flora aponta tendências de sustentabilidade, ingredientes naturais e mais Produtos de beleza mais naturais, não testados em animais e sustentáveis tem ganhado destaque no mercado. Com os consumidores mais conscientes do impacto do consumo no meio ambiente e atentos aos rótulos a busca por alternativas que utilizem uma quantidade mínima de químicos e equilibrem o autocuidado com o cuidar do planeta aumentou. Uma pesquisa realizada pela startup Opinion Box para a empresa de cosméticos Flora, realizado no fim de março e início de abril, com mais de 500 mulheres nas cinco regiões do Brasil, apontou que 75% delas mudaram o seu critério de escolha de produtos de beleza nos últimos anos. Atualmente, mais de 40% priorizam produtos com uma quantidade mínima de químicos e ingredientes naturais. Sendo que custo-benefício e fragrância seja importante para 63% e 50%, respectivamente, na hora da escolha de um novo shampoo ou condicionador. Além disso, 73% afirma que deixaria de comprar um produto ao saber ser testado em animais.

Veja também: Beauty-tech B4A anuncia investimento de R$10 milhões

De olho nessas tendências, a Flora tem investindo em novidades nas suas marcas. Em abril, a OX Cosméticos lançou a linha OX Plants, com 93% de ingredientes naturais. A novidade chega ao mercado em três versões: Hidrata & Dá Brilho, Nutre & Cresce e Cuida do Couro & Fortalece – todas liberadas e formuladas sem adição de cloreto de sódio (sal), silicones, óleos minerais, corantes e parabenos. ‘Com tecnologia é possível criar fórmulas com ingredientes vegetais naturais e uma quantidade mínima de químicos necessários para assegurar a estabilidade dos produtos, mas não agressivos aos cabelos ou ao meio ambiente’, diz Cintia Fuchs, diretora de Pesquisa e Desenvolvimento na Flora. Segundo ela, a maneira como nos conectamos com a beleza está mudando. ‘Estamos mais engajadas em escolhas que priorizam a saúde. Prova disso é que mais da metade das brasileiras já experimentou um produto para cabelo com alto percentual de naturalidade e, dessas, 88% aprovaram os resultados’, afirma. Também por conta disso, apesar das incertezas decorrentes da pandemia da covid-19, em 2020, o setor de higiene pessoal, perfumaria e cosméticos registrou crescimento de 5,8% em 2020 e um superávit de US$ 23,4 milhões, segundo a Abihpec (Associação Brasileira da Indústria de Higiene Pessoal, Perfumaria e Cosméticos).

Siga nosso Instagram

Fonte: Cosmetic Innovation

Cadastre-se para receber os conteúdos também no WhatsApp  e no Telegram

Jornalismo de qualidade e independente O Panorama Farmacêutico tem o compromisso de disseminar notícias de relevância e credibilidade. Nossos conteúdos são abertos a todos mediante um cadastro gratuito, porque entendemos que a atualização de conhecimentos é uma necessidade de todos os profissionais ligados ao setor. Praticamos um jornalismo independente e nossas receitas são originárias, única e exclusivamente, do apoio dos anunciantes e parceiros. Obrigado por nos prestigiar!
Você pode gostar também

Esse site utiliza cookies para aprimorar sua experiência de navegação. Mas você pode optar por recusar o acesso. Aceitar Consulte mais informação

viagra online buy viagra