Fique por dentro dos principais FATOS e TENDÊNCIAS que movimentam o setor

Novo Nordisk processa farmácias por cópia do Ozempic

Acompanhe as principais notícias do dia no nosso canal do Whatsapp

Ozempic
Foto: Divulgação

A Novo Nordisk entrou com ações judiciais contra duas farmácias de manipulação pela venda de versões não aprovadas do Ozempic e do Wegovy. Segundo reportagem da NBC, os dois estabelecimentos, localizados na Flórida (EUA), estavam comercializando cópias contaminadas de semaglutida, princípio ativo de seis dois medicamentos contra diabetes e obesidade.

A semaglutida é patenteada exclusivamente pela Novo Nordisk e a farmacêutica não fornece o ingrediente a grupos externos. A companhia afirmou que realizou testes em produtos manipulados supostamente vendidos como semaglutida na Wells Pharmacy e na Brooksville Pharmaceuticals. Uma amostra da Wells Pharmacy tinha um nível de impurezas desconhecidas de 33%, e as amostras da Brooksville Pharmaceuticals tinham níveis mais baixos do ingrediente

Batalha legal contra cópia do Ozempic

Os processos são uma continuação da batalha legal da Novo Nordisk contra empresas que comercializam cópias não autorizadas dos medicamentos. Em junho, a farmacêutica abriu cinco ações judiciais contra vários spas médicos, clínicas de perda de peso e farmácias de manipulação, que misturam e alteram ingredientes para fabricar versões de semaglutida adaptadas às necessidades específicas do paciente.

Até o momento, a farmacêutica obteve liminares contra seis spas e clínicas que praticaram propaganda falsa e violação de marca registrada. “Os produtos manipulados não têm as mesmas garantias de segurança, qualidade e eficácia que os medicamentos aprovados pela FDA, e os medicamentos injetáveis ​​adulterados e com marcas erradas podem expor os pacientes a riscos significativos para a saúde”, afirma Jason Brett, executivo da Novo Nordisk, num comunicado.

 

Notícias Relacionadas

plugins premium WordPress
error: O conteúdo está protegido !!