fbpx
O maior canal de informação do setor

Novos empregos ditam o tom das farmácias

603

Novos empregos ditam o tom das farmácias

Farmácias – A imagem acima vem se tornando rotina nas farmácias brasileiras. Segundo a última enquete do Panorama Farmacêutico, 60% dos assinantes do portal declararam que suas empresas aceleraram o ritmo de contratações no ano passado.

O levantamento reuniu 2.560 leitores, que manifestaram sua opinião pelo LinkedIn e também no grupo do portal no Telegram. Deste total, 1.152 destacaram que houve mais recrutamentos do que demissões no ano (45%). Outros 384 (15%) também relataram haver uma busca por novos profissionais, mas como reposição a demissões.

Os dados da Infojobs, parceira exclusiva da seção de vagas do Panorama Farmacêutico, confirmam essa tendência. Até dezembro do ano passado, a plataforma contabilizava 18.512 ofertas de trabalho com carteira assinada, sendo que 62% correspondiam a técnicos de farmácia. Essa mão de obra tem sido cada vez mais requisitada em função do rápido advento dos serviços clínicos nas farmácias, incluindo os testes rápidos da Covid-19.

Números divulgados pelas entidades setoriais reforçam o apetite do varejo farmacêutico por novos talentos. As 26 grandes redes que fazem parte da Abrafarma, por exemplo, criaram mais de 7,3 mil empregos em 2021. O volume de farmacêuticos contratados cresce na mesma proporção. Do total de profissionais, 28.686 (20%) são farmacêuticos. “Há dois anos, esse percentual era de 18%, o que contribui para a valorização da profissão farmacêutica”, enfatiza o CEO da entidade, Sérgio Mena Barreto.

O aquecimento do mercado de trabalho estende-se às redes de pequeno e médio porte. De 10.884 profissionais no fim de 2020, as farmácias associativistas afiliadas à Farmarcas e à Febrafar passaram a contar com 12.993 – 19% a mais.

As 16 empresas da Unifabra contrataram 702 pessoas. “Queremos cada vez mais nos consolidar como um hub de novos negócios para varejistas de menor porte, o que exige incrementar e qualificar o quadro de colaboradores. Além disso, fixamos a meta de ter 600 lojas em até dois anos e dobrar o número de estados onde atuamos. Hoje estamos em oito unidades da Federação”, observa o diretor executivo André Vanni.

Novos empregos ditam o tom das farmácias

Nova enquete

A enquete que está no ar avalia as estratégias prioritárias do segmento para este ano. O foco será a expansão de lojas, a ampliação do mix de produtos e serviços, um trabalho mais intenso de divulgação ou todas as alternativas?

Fonte: Redação Panorama Farmacêutico


Cadastre-se para receber os conteúdos também no WhatsApp  e no Telegram

Jornalismo de qualidade e independente
Panorama Farmacêutico tem o compromisso de disseminar notícias de relevância e credibilidade. Nossos conteúdos são abertos a todos mediante um cadastro gratuito, porque entendemos que a atualização de conhecimentos é uma necessidade de todos os profissionais ligados ao setor. Praticamos um jornalismo independente e nossas receitas são originárias, única e exclusivamente, do apoio dos anunciantes e parceiros. Obrigado por nos prestigiar!

Veja também: https://panoramafarmaceutico.com.br/china-deve-liderar-mercado-farmaceutico-global/

Cadastre-se para receber os conteúdos também no WhatsApp  e no Telegram

Jornalismo de qualidade e independente O Panorama Farmacêutico tem o compromisso de disseminar notícias de relevância e credibilidade. Nossos conteúdos são abertos a todos mediante um cadastro gratuito, porque entendemos que a atualização de conhecimentos é uma necessidade de todos os profissionais ligados ao setor. Praticamos um jornalismo independente e nossas receitas são originárias, única e exclusivamente, do apoio dos anunciantes e parceiros. Obrigado por nos prestigiar!
Você pode gostar também

Esse site utiliza cookies para aprimorar sua experiência de navegação. Mas você pode optar por recusar o acesso. Aceitar Consulte mais informação