fbpx
O maior canal de informação do setor

Porto Alegre recebe Trilha da Saúde com serviços de graça para a população

132

Trilha da Saúde

A cidade de Porto Alegre recebe no dia 15 de maio o evento Trilha da Saúde que contará com uma série de atrações e serviços gratuitos com foco na prevenção e combate ao tabagismo. A ação será realizada na Praça da Redenção, onde está localizado o monumento ao expedicionário, entre 9h e 17h, e é promovida pela Rede São João com apoio da companhia farmacêutica Boehringer Ingelheim.

O evento está relacionado ao Dia Mundial de Combate ao Fumo, instituído pela Organização Mundial da Saúde (OMS), e lembrado anualmente em 31 de maio.

Em um lounge para triagem clínica e atendimento médico, serão oferecidos gratuitamente exames de colesterol, triglicerídeos, pressão arterial, avaliação do risco de desenvolver doenças cardiovasculares e avaliação da função pulmonar. E você vai contar também com aula de yoga gratuita, espaço kids e um espaço pet com brindes para seu cão.

Além disso, os fumantes poderão fazer a avaliação do hábito de fumar e da dependência nicotínica, assim como realizar o exame de espirometria que auxilia no diagnóstico de doenças pulmonares. O exame será realizado na cabine de biossegurança projetada pela Boehringer Ingelheim.

Equipada com tecnologia de alta performance com dois filtros (HEPA e ULPA) que permitem eliminar 99,9% de vírus e bactérias, a cabine purifica todo o ar que entra e sai em apenas um minuto, oferecendo proteção contra a contaminação por vírus e bactérias para pacientes e técnicos durante a realização do exame.

O evento também terá um espaço pet friendly com água, sacos ecológicos para coleta de fezes e estímulo à adoção de animais. Segundo a médica-veterinária e gerente técnica da Boehringer Ingelheim, Karin Botteon, o tabagismo também pode afetar a saúde dos bichos de estimação que se tornam “fumantes passivos” quando inspiram a fumaça exalada ou entram em contato com resíduos do tabaco que ficam sobre a pele, mobílias ou pelos.

“Cães com doenças respiratórias podem ter seus sintomas agravados pela inalação da fumaça de cigarros e ainda apresentar alterações pulmonares muito semelhantes àquelas encontradas nos seres humanos fumantes. Os cães de focinho longo tendem a acumular mais partículas na narina, o que aumenta o risco de câncer nasal. Já os cães de focinho curto não filtram tanto essas partículas que chegam mais facilmente aos pulmões, assim é maior o risco de câncer no órgão”, afirma Karin.

Os gatos, devido ao hábito de lamberem-se para higienização, estão ainda mais expostos às partículas nocivas do cigarro. “Estudos demonstram que gatos que convivem com fumantes têm de duas a quatro vezes mais chance de desenvolver carcinoma de células escamosas na cavidade oral, um tipo extremamente agressivo de câncer”, complementa Karin.

O tabagismo e as doenças

O tabagismo é uma das maiores ameaças à saúde da população, matando cerca de oito milhões de pessoas por ano no mundo e 161 mil pessoas apenas no Brasil. O uso do cigarro e derivados do tabaco é um fator de risco para o desenvolvimento de doenças respiratórias, acidentes cerebrovasculares, ataques cardíacos, e diferentes tipos de cânceres.

De acordo com a OMS, as chances de um usuário de tabaco parar de fumar aumentam quando há um bom suporte profissional acompanhado de medicamentos.

A Doença Pulmonar Obstrutiva Crônica (DPOC) é uma das enfermidades respiratórias desencadeadas pelo tabagismo. Trata-se de uma condição progressiva e crônica que limita o fluxo de ar nos pulmões e afeta a qualidade de vida. É caracterizada pela tosse crônica, expectoração e falta de ar o que, muitas vezes, impede a realização de atividades básicas do dia a dia e atinge cerca de 40 mil brasileiros todos os anos.

Já a asma, que atinge mais de 20 milhões de pessoas no Brasil e é usualmente caracterizada pela inflamação crônica das vias aéreas, pode ser agravada pelo hábito de fumar. A doença pode causar sérios impactos na vida do paciente, como insônia, fadiga, diminuição do nível de atividade e faltas na escola e no trabalho.

As doenças pulmonares intersticiais, que abrangem mais de 200 distúrbios e podem levar à cicatrização irreversível do tecido do pulmão (fibrose), afetando negativamente a função do órgão e a capacidade respiratória, também são agravadas pelo tabaco.

O tabagismo também é um fator de risco grave para pessoas com doenças cardiovasculares, renais e metabólicas. O uso do cigarro e seus derivados aumenta o risco de derrame (AVC), aumenta a pressão arterial e a frequência cardíaca, induz a resistência à insulina e ao diabetes e produz inflamação que pode ocasionar trombose.

Segundo a Dr. Daniela Blanco, da Sociedade de Pneumologia do Rio Grande Do Sul, a conscientização sobre as doenças ocasionadas ou agravadas pelo tabagismo é fundamental para que médicos e pacientes possam tratar as condições de maneira efetiva.

“Quando a população cria consciência sobre as causas e conhece os sintomas, a jornada do paciente até o tratamento pode ser reduzida, proporcionando ganhos significativos no controle das doenças e na qualidade de vida”, afirma a médica.

Os interessados em participar devem ir ao local na data e horário mencionados abaixo.

Data: 15/05/2022

Horário: 9h às 17h

Local: Parque da Redenção – Monumento ao expedicionário – Av. João Pessoa, s/n – Cidade Baixa, Porto Alegre – RS, 90010-150

Fonte: Redação Panorama Farmacêutico

Cadastre-se para receber os conteúdos também no WhatsApp  e no Telegram

Jornalismo de qualidade e independente O Panorama Farmacêutico tem o compromisso de disseminar notícias de relevância e credibilidade. Nossos conteúdos são abertos a todos mediante um cadastro gratuito, porque entendemos que a atualização de conhecimentos é uma necessidade de todos os profissionais ligados ao setor. Praticamos um jornalismo independente e nossas receitas são originárias, única e exclusivamente, do apoio dos anunciantes e parceiros. Obrigado por nos prestigiar!
Você pode gostar também

Esse site utiliza cookies para aprimorar sua experiência de navegação. Mas você pode optar por recusar o acesso. Aceitar Consulte mais informação