fbpx
O maior canal de informação do setor

Publicitário acusa Droga Raia de homofobia em SP

353

Publicitário acusa Droga Raia de homofobia em SP

 

O publicitário Galileu Araujo Nogueira, de 33 anos, morador de São Paulo, usou as redes sociais nesta segunda-feira (28) para acusar a Droga Raia de homofobia após ser chamado de ‘Gaylileu’ em mensagens de SMS enviadas pela rede. As informações são do G1. Além disso, seu nome também estava grafado de maneira pejorativa nos cupons de desconto.

Nogueira usou seu Instagram para denunciar que sofreu discriminação em 2021 por causa da sua orientação sexual. Ele passou a receber mensagens da rede por SMS do celular, com seu nome escrito com a inclusão da letra ‘y’, formando a palavra ‘gay’, ao lado da sugestão do remédio que o publicitário usava:

“Droga Raia: Gaylileu o NORVOSAC 5 MG 30 S deve estar acabando. Compre pelo site ou na Droga Raia mais prox (p/sair envie PARE)”, informa o SMS recebido em 19 de março de 2021 sobre o medicamento 

O publicitário entrou com ação na Justiça cobrando R$ 44 mil de indenização por dano moral, além de exigir que a farmácia crie programas de treinamentos com funcionários. Neste mês, os representantes da Droga Raia não aceitaram o acordo judicial para que pagassem a indenização.

 

Publicitário acusa Droga Raia de homofobia em SP
Foto: Reprodução/ Instagram

 

Segundo o advogado Giovani Ravagnani, que defende Galileu, o que está em disputa contra a Droga a Raia, na ação impetrada por ele na Justiça, não é o dinheiro, mas a responsabilidade da empresa com o ato de homofobia que ocorreu com seu cliente. A ação corre no Juizado Especial Cível de São Paulo. Em março deste ano, a Droga Raia ofereceu R$ 5 mil durante a audiência de conciliação, mas ele não aceitou a proposta.

Posicionamento da rede

A rede acionou a redação do Panorama Farmacêutico para divulgar um posicionamento oficial. Confira abaixo:

A Droga Raia repudia veementemente a homofobia. Reconhecemos e lamentamos o transtorno que o Sr. Galileu sofreu. Pedimos desculpas pelo o que aconteceu. Enfatizamos que, assim que ficamos sabendo da troca do nome, um ano atrás, corrigimos o cadastro imediatamente e informamos o Sr. Galileu que o nome foi corrigido e revisamos os procedimentos internos. Durante estes doze meses sempre estivemos abertos para o diálogo. Tentamos chegar a um acordo em relação à indenização solicitada, mas não obtivemos êxito e continuamos  abertos ao diálogo.

A Droga Raia é integrante do Fórum de Empresas e Diretos LGBTI+ e fazemos questão de divulgar internamente para os nossos 50 mil funcionários que a empresa respeita a comunidade LGBTI+, assim como divulgamos o compromisso público de ter um ambiente livre de discriminação presenciada ou vivida nas nossas farmácias, escritório e centros de distribuição, alinhados com os Objetivos de Desenvolvimento Sustentáveis da ONU (ODS) contra a discriminação de Pessoas com Deficiência, LGBTI+, negros, sêniores 60+ e mulheres.   

Fonte: Redação Panorama Farmacêutico


Cadastre-se para receber os conteúdos também no WhatsApp  e no Telegram

Jornalismo de qualidade e independente
Panorama Farmacêutico tem o compromisso de disseminar notícias de relevância e credibilidade. Nossos conteúdos são abertos a todos mediante um cadastro gratuito, porque entendemos que a atualização de conhecimentos é uma necessidade de todos os profissionais ligados ao setor. Praticamos um jornalismo independente e nossas receitas são originárias, única e exclusivamente, do apoio dos anunciantes e parceiros. Obrigado por nos prestigiar!

Cadastre-se para receber os conteúdos também no WhatsApp  e no Telegram

Jornalismo de qualidade e independente O Panorama Farmacêutico tem o compromisso de disseminar notícias de relevância e credibilidade. Nossos conteúdos são abertos a todos mediante um cadastro gratuito, porque entendemos que a atualização de conhecimentos é uma necessidade de todos os profissionais ligados ao setor. Praticamos um jornalismo independente e nossas receitas são originárias, única e exclusivamente, do apoio dos anunciantes e parceiros. Obrigado por nos prestigiar!
Você pode gostar também

Esse site utiliza cookies para aprimorar sua experiência de navegação. Mas você pode optar por recusar o acesso. Aceitar Consulte mais informação