O maior canal de informação do setor

Seis em cada dez leitores defendem lockdown nacional

832

Seis em cada dez leitores defendem lockdown nacionalSeis em cada dez leitores do Panorama Farmacêutico apontam o lockdown nacional como estratégia urgente para combater a pandemia da Covid-19 no Brasil. É o que indicou a mais recente enquete concluída pelo portal, que contou com a participação recorde de 3.948 profissionais.

Exatamente 60% dos leitores (2.367) defendem essa alternativa, contra apenas 16% (617) que consideram o lockdown desnecessário. Outros 24% (964) acreditam que ele seria danoso para a atividade econômica. As opiniões caminham totalmente na contramão do discurso do governo federal.

Na manhã de 7 de abril (quarta-feira), em visita à cidade de Chapecó (SC) o presidente Jair Bolsonaro voltou a afirmar que não promoverá o fechamento de cidades para diminuir a transmissão do coronavírus. Ele repetiu a afirmação na noite do mesmo dia, num jantar em São Paulo com 20 empresários e executivos.

Já o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, não vê sentido no lockdown nacional, alegando que a própria população não adere a essas práticas. Por essa razão, argumenta que as ações de combate à Covid-19 devem ser tomadas conforme a situação local.

O governo, porém, poderia observar com mais atenção dois exemplos opostos no interior de São Paulo, separados por cerca de 100 quilômetros. De um lado, a prefeitura de Araraquara decretou um rigoroso lockdown em fevereiro (foto) para conter o rápido aumento na ocupação de leitos de UTI. O município suspendeu todos os serviços sem relação direta com a área de saúde, incluindo transporte público e supermercados – estes foram autorizados a funcionar somente pelo sistema de delivery. Resultado: queda na média de casos diários e dois dias consecutivos sem mortes na última semana, enquanto o Brasil batia recordes.

Já em Bauru, a prefeita Suéllen Rosim chegou a publicar o vídeo de uma carreata que, segundo ela, reinvindicava a abertura responsável do comércio local. Em outra publicação, cantando em uma igreja, ela afirma que tudo deveria ser considerado essencial em quase um ano de pandemia. Nas últimas duas semanas, o município teve uma média de 26 mortes a cada 100 mil habitantes, contra 12 de Araraquara.

Nova enquete

A mais nova enquete no ar avalia qual será a maior prioridade da sua empresa nos próximos 12 meses. O planejamento passa pela ampliação de mercados e do mix de produtos ou o foco está na fidelização dos clientes? Ou então, em tempos de pandemia, a meta é otimizar e enxugar custos? Participe e colabore para o debate.

Fonte: Redação Panorama Farmacêutico


Cadastre-se para receber os conteúdos também no WhatsApp  e no Telegram

Jornalismo de qualidade e independente
Panorama Farmacêutico tem o compromisso de disseminar notícias de relevância e credibilidade. Nossos conteúdos são abertos a todos mediante um cadastro gratuito, porque entendemos que a atualização de conhecimentos é uma necessidade de todos os profissionais ligados ao setor. Praticamos um jornalismo independente e nossas receitas são originárias, única e exclusivamente, do apoio dos anunciantes e parceiros. Obrigado por nos prestigiar!

Leia também: https://panoramafarmaceutico.com.br/2021/04/08/varejo-farmaceutico-tem-aprovacao-de-73-dos-consumidores/

Você pode gostar também

Esse site utiliza cookies para aprimorar sua experiência de navegação. Mas você pode optar por recusar o acesso. Aceitar Consulte mais informação