fbpx

Vacina da AstraZeneca tem aval da OMS e beneficia Brasil

Astrazeneca

A Organização Mundial da Saúde (OMS) autorizou nesta segunda-feira, dia 15, o uso emergencial da vacina da AstraZeneca contra a Covid-19. A farmacêutica britânica desenvolveu o imunizante em parceria com a Universidade de Oxford.

A aprovação abre caminho para que países mais pobres tenham acesso a um imunizante contra o coronavírus, por meio da Covax Facility, iniciativa liderada pela OMS. O Brasil também será beneficiado e deve receber em torno de 1,6 milhões de doses no primeiro trimestre e 6 milhões até julho.

A aprovação emergencial abrange também duas versões da vacina, produzidas em cooperação com o laboratório sul-coreano SK Bioscience e com o Instituto Serum, da Índia.

Segundo a OMS, a vacina da AstraZeneca mostrou ter uma eficácia de 63,09% e é adequada para países de baixa e média renda pela maior facilidade de armazenamento. A sua aplicação foi recomendada para pessoas com mais de 18 anos e em áreas com transmissão de variantes do Sars-CoV-2, o vírus responsável pela Covid-19.

Fonte: Redação Panorama Farmacêutico


Cadastre-se para receber os conteúdos também no WhatsApp  e no Telegram

Jornalismo de qualidade e independente
Panorama Farmacêutico tem o compromisso de disseminar notícias de relevância e credibilidade. Nossos conteúdos são abertos a todos mediante um cadastro gratuito, porque entendemos que a atualização de conhecimentos é uma necessidade de todos os profissionais ligados ao setor. Praticamos um jornalismo independente e nossas receitas são originárias, única e exclusivamente, do apoio dos anunciantes e parceiros. Obrigado por nos prestigiar!

Cadastre-se para receber os conteúdos também no WhatsApp  e no Telegram

Jornalismo de qualidade e independente O Panorama Farmacêutico tem o compromisso de disseminar notícias de relevância e credibilidade. Nossos conteúdos são abertos a todos mediante um cadastro gratuito, porque entendemos que a atualização de conhecimentos é uma necessidade de todos os profissionais ligados ao setor. Praticamos um jornalismo independente e nossas receitas são originárias, única e exclusivamente, do apoio dos anunciantes e parceiros. Obrigado por nos prestigiar!
Notícias relacionadas

Esse site utiliza cookies para aprimorar sua experiência de navegação. Mas você pode optar por recusar o acesso. Aceitar Consulte mais informação

viagra online buy viagra