Fique por dentro dos principais FATOS e TENDÊNCIAS que movimentam o setor

Venda de cannabis medicinal nas farmácias mais que dobra em 2023

Acompanhe as principais notícias do dia no nosso canal do Whatsapp

Cannabis medicinal nas farmácias
Foto: Freepik

As vendas de cannabis medicinal nas farmácias seguem ganhando terreno. Em comparação com 2022, a comercialização cresceu 127% no último ano, segundo levantamento da BRcann com base nos indicadores do IQVIA.

Segundo o estudo, de janeiro a dezembro do ano passado, 356,6 mil unidades foram comercializadas no varejo farmacêutico. A título de comparação, no ano retrasado, 157 mil unidades foram vendidas.

Outro indicador que apresentou um crescimento acelerado foi o faturamento do setor, que foi 119% maior. No período, o segmento chegou à marca de R$ 143 milhões.

“Ao mesmo tempo, tudo caminha para um maior amadurecimento regulatório do setor, o que fortalece a operacionalidade das empresas que atuam localmente “, comemora a diretora executiva da entidade, Bruna Rocha.

Autorizações cresceram, importação diminuiu  

Um dos possíveis motivos por trás do aumento nas vendas de cannabis medicinal nas farmácias é o crescimento na oferta de produtos. A Anvisa concedeu 50 autorizações sanitárias em 2023.

A maior disponibilidade também trouxe outro impacto positivo, o barateamento do medicamento que, agora, custa em média R$ 403, 40% a menos que nos últimos três anos.

“Isso favorece o acesso e incentiva pacientes quem antes importava a adquirir produtos localmente”, explica Bruna. Por falar em importação, esse foi o único número a desacelerar no período.

Com um mercado interno fortalecido, as importações individuais cresceram 69% no último ano, mas vinham crescendo próximas dos 100% em 2022 (99,7%) e acima desse patamar em 2021 (126%).

Cannabis medicinal nas farmácias e no SUS 

Se 2023 já foi um ano de avanço para o mercado canabinoide, 2024 tem tudo para ser histórico. Afinal, há a expectativa de que a cannabis medicinal chegue ao SUS já no mês de maio. Apesar de a lei estadual paulista prever o fornecimento gratuito do medicamento há mais de um ano, apenas agora foi fixado um prazo para o início da dispensação.

Notícias Relacionadas

plugins premium WordPress
error: O conteúdo está protegido !!