fbpx
O maior canal de informação do setor

Venda de medicamentos no Brasil representa 42% da América Latina

1.097

Venda de medicamentos no Brasil

Liderança absoluta. A venda de medicamentos no Brasil representa 42% do faturamento total do mercado farmacêutico na América Latina, considerando a receita em dólares no ano passado. O país está US$ 10 bilhões à frente do México e ampliou a diferença em relação à terceira colocada Colômbia.

O mercado farmacêutico brasileiro movimentou US$ 19,5 bilhões no ano passado, contra US$ 17,5 bi de 2019. O crescimento de 11,3% está em linha com a alta de 12,3% registrada em toda a região. Apesar de alguns impactos negativos da pandemia para carros-chefes do setor, como antibióticos e antigripais, as áreas terapêuticas de cardiometabolismo, diabetes e sistema nervoso central obtiveram um avanço médio de 20% a 30%. No caso dos suplementos vitamínicos, o incremento chegou a 40%.

O país tem um faturamento superior ao da soma dos três outros players mais relevantes – México (US$ 9,5 bilhões), Colômbia (US$ 4,3 bi) e Argentina (US$ 4,2 bi). Esse último, em particular, apresentou a maior evolução percentual no ano – 48,4%. As medidas de distanciamento social provocadas pela Covid-19 favoreceram as farmácias independentes, majoritárias no mercado argentino, um dos menos concentrados do continente.

Para Nelson Mussolini, presidente executivo do Sindusfarma, uma conjuntura de fatores explica a folgada liderança do Brasil, a começar pelo número de habitantes e população idosa – maior na comparação com os demais países. “Mas a grande diferença está em nosso sistema público de saúde, cuja acessibilidade não encontra precedentes em outros mercados do continente. O SUS funciona como uma alavanca para a rede privada e o consumo de medicamentos”, argumenta.

O dirigente destaca o fato de 40 milhões de pessoas integrarem a cobertura do segmento de saúde suplementar. “Mesmo com a queda registrada nos últimos anos, é um contingente que se aproxima da população de toda a Argentina, por exemplo”, completa.

Participação na receita de medicamentos por país (%)
Fonte: IQVIA

Consumo de medicamentos em franca ascensão

A América Latina registrou US$ 45,8 bilhões de receita com medicamentos. Foi o maior crescimento percentual em cinco anos.

Faturamento com medicamentos (em US$ bilhões).fw

Fonte: Redação Panorama Farmacêutico

Cadastre-se para receber os conteúdos também no WhatsApp  e no Telegram

Jornalismo de qualidade e independente O Panorama Farmacêutico tem o compromisso de disseminar notícias de relevância e credibilidade. Nossos conteúdos são abertos a todos mediante um cadastro gratuito, porque entendemos que a atualização de conhecimentos é uma necessidade de todos os profissionais ligados ao setor. Praticamos um jornalismo independente e nossas receitas são originárias, única e exclusivamente, do apoio dos anunciantes e parceiros. Obrigado por nos prestigiar!
Você pode gostar também

Esse site utiliza cookies para aprimorar sua experiência de navegação. Mas você pode optar por recusar o acesso. Aceitar Consulte mais informação