Fique por dentro dos principais FATOS e TENDÊNCIAS que movimentam o setor

Walgreens freia expansão na América Latina

Acompanhe as principais notícias do dia no nosso canal do Whatsapp

 

Walgreens

Inverno para o varejo farmacêutico estadunidense? A Walgreens anunciou na última terça-feira, dia 15, que irá vender a rede Farmacias Ahumada, seu braço no Chile. As informações são do portal América Economía.

A partir de agora, a rede de drogarias será comanda por investidores locais, liderados pela empresa de gestão de ativos LarainVial. Os termos do negócio são sigilosos e a transação ainda precisa ser aprovada pelos órgãos responsáveis.

A expectativa é que a transação se complete até o fim do ano. Ao todo, a Farmacias Ahumada mantém 300 PDVs no país e emprega mais de três mil colaboradores.

Atuação chilena da Walgreens já era notícia

O braço latino da Walgreens já figurava nos jornais há algum tempo. No ano passado, a Ahumada deu início a um corte de funcionários, o que afetou diretamente farmacêuticos e auxiliares de farmácia.

Assim como no Brasil, no Chile uma farmácia só pode funcionar com a presença de um profissional farmacêutico. Com esses desligamentos, a rede precisou fechar algumas lojas.

Já em abril de 2023, as manchetes eram outras: a varejista respondia legalmente por demissões injustificadas. Havia a possibilidade de que a justiça obrigasse a recontratação desses profissionais, ao que a empresa respondeu não ter condições financeiras para atender.

A Ahumada na história

Fundada no fim da década de 1960 na rua de mesmo nome, a Farmacias Ahumada apresentou um crescimento acelerado nos anos 1990. Nesta época, revolucionou o layout de suas lojas, tornou-se uma rede, entrou na bolsa de valores e começou uma expansão pela América Latina.

O primeiro lugar onde fincou bandeira fora do Chile foi no Peru. Nos anos 2000, comprou a Drogamed aqui no Brasil e também a Farmacias Benavides, no México.

Em 2014, a Boots Alliance adquiriu o negócio, que foi absorvido pela Walgreens com a fusão. Em 2018, a rede enfrentou uma crise, que resultou no fechamento de 50 lojas e demissão de mil profissionais.

Varejo farma estadunidense sofre com momento econômico

A CVS também não tem vida fácil. A companhia anunciou que irá encerrar sua divisão de ensaios clínicos. A previsão para o fechamento total é 31 de dezembro de 2024.

De acordo com o Drug Store News, um porta-voz da empresa afirmou que descontinuar o projeto é parte de uma avaliação contínua do portfólio e de um alinhamento com as “prioridades estratégicas de longo prazo”.

O porta-voz também afirma que a transição será “suave”, para minimizar os impactos aos investidores e aos pacientes do CVS Clinical Trial Services. A varejista reposicionará os colaboradores internamente e dará suporte de transição de carreira para aqueles que não puderem ser realocados.

Notícias Relacionadas

plugins premium WordPress