Fique por dentro dos principais FATOS e TENDÊNCIAS que movimentam o setor

Setor vê WhatsApp na farmácia como melhor canal de vendas

Acompanhe as principais notícias do dia no nosso canal do Whatsapp

Setor vê WhatsApp na farmácia como melhor canal de vendas

Nada de super aplicativos ou plataformas robustas de comércio digital. Para quase metade dos profissionais do setor, o WhatsApp na farmácia é o canal mais promissor para impulsionar as vendas online. É o que indicou a última enquete do Panorama Farmacêutico.

Dos assinantes do portal que manifestaram opinião, 48% apostam as fichas nessa plataforma. Somente 22% veem mais potencial nas plataformas de marketplace, enquanto 19% entendem que a rota para crescer no universo virtual passa pelos tradicionais portais de e-commerce. Os apps receberam apenas 11% das menções.

Mais de 130 milhões de contas formam o poderio do WhatsApp no Brasil, o que indica um grande mercado a ser explorado na visão de Anderson Tomaszewski, gerente de vendas da Oto, consultoria especializada em estratégias de CRM.

“Cerca de 83% dos consumidores usam o WhatsApp para comprar e o aumento dessa ferramenta está criando uma experiência personalizada, pois o cliente interage antes da decisão de compra. 90% do varejo brasileiro acontece na loja física porque há interação com o ser humano. E o WhatsApp fica no meio desta jornada, entre o físico e o online”, avalia.

Para Henrique de Campos Junior, pesquisador do Centro de Excelência em Varejo da FGV, o WhatsApp representa uma alternativa para farmácias com pouco fôlego para investimentos em transformação digital. “O PDV poderia orientar seu cliente sobre a utilização de produtos de higiene pessoal e beleza, por meio de uma live no Instagram, e usar o WhatsApp para reforçar a divulgação e “linkar” com alguma promoção, para retirada em loja”, exemplifica.

WhatsApp na farmácia potencializa varejo regional

O WhatsApp na farmácia vem contribuindo para elevar o patamar financeiro do varejo regional. Segundo a Pedbot, plataforma de chatbot para o setor, as empresas que aderiram à sua ferramenta conseguiram dobrar o faturamento médio anual.

“A farmácia pode atender simultaneamente uma diversidade de clientes com o mesmo número de WhatsApp, mandar mensagem para todos os clientes, controlar as vendas e até gerenciar a ruptura e falta de produtos. Além disso, é possível configurar chatbots para aumentar a precisão no pré-atendimento e direcionamento ao profissional, o que diminui o tempo de espera do consumidor”, explica o CEO Rudy Tedeschi.

Nova enquete

Na nova enquete que está no ar, queremos saber que aspecto mais compromete o gerenciamento de sua farmácia. Controle de estoque, administração da equipe, precificação ou dificuldades na área de compras?

Fonte: Redação Panorama Farmacêutico

Notícias mais lidas

Notícias Relacionadas

plugins premium WordPress