fbpx
O maior canal de informação do setor

40% em cinco anos: farmácias do Sul lideram avanço do varejo

818

farmácias do Sul

O Panorama Farmacêutico retoma a radiografia do varejo por região e agora avança para as farmácias do Sul. Juntos, os PDVs do Paraná, Rio Grande do Sul e Santa Catarina encabeçam o avanço do setor e crescem acima da média nacional.

Os três estados do Sul terminaram o ano passado com faturamento de R$ 25,62 bilhões, índice 14% superior ao de 2020. Foi a primeira evolução de dois dígitos desde 2017. No acumulado em cinco anos, o incremento nas vendas somou 40%.

Evolução das farmácias no Sul (em R$ bilhões)

farmácias do Sul

O Rio Grande do Sul, quarto maior estado do Brasil em vendas, superou a marca de R$ 10 bilhões em faturamento e tem 41% de share na região. O aumento sobre o ano anterior foi de 35%. Mas Paraná e Santa Catarina lideraram em crescimento percentual – 45% e 43%, respectivamente.

“As redes sulistas sempre pautaram sua estratégia com base em lojas de bairro, que ganharam relevância no período da pandemia. Além disso, conseguiram modernizar rapidamente os canais digitais e encontraram um público consumidor com bom poder aquisitivo e disposto a abraçar as compras online”, avalia Paulo Paiva, vice-presidente Latam da Close-Up International.

Domínio das redes

Os últimos cinco anos testemunharam um declínio das farmácias independentes, cuja alta no faturamento se limitou a 9% nesse período. A participação de mercado caiu de 20% para 16%. As associativistas e franquias ocuparam parte desse espaço ao crescerem 42,9%. No entanto, quem visita a região evidencia um domínio das grandes redes, com uma impressionante representatividade de 65%.

Share do varejo farmacêutico por nicho (em bilhões de R$ e %)

farmácias do Sul

 

Se consideradas as 20 maiores redes do grande varejo nacional, cinco têm origem nos três estados do Sul, das quais três integram a AbrafarmaFarmácias São João, Panvel, Clamed, Farmácias Associadas e Drogaria Nissei.

farmácias do SulMaior player da região, a São João vem acelerando seu processo de expansão orgânica. No fim de 2021, chegou a 900 PDVs e caminha a passos largos para as 1 mil lojas. Só no primeiro trimestre, inaugurou mais 20 unidades. “Também em 2022, esperamos construir um novo Centro de Distribuição maior que o de Passo Fundo”, antecipa o presidente Pedro Henrique Brair.

A rede ainda ampliou os espaços para os serviços em saúde. Já são 700 consultórios farmacêuticos e algumas farmácias dispõem de duas ou mais salas.

Os serviços farmacêuticos também ancoram os planos da Clamed Farmácias, que tem a centenária Drogaria Catarinense como sua principal marca. A rede acaba de lançar uma farmácia-conceito que funcionará como hub de saúde. A meta é ter esse projeto implementado em 200 lojas até o fim do ano.farmácias do Sul

O Clamed Health Center faz parte de um cluster de inovação em saúde no parque tecnológico Ágora Tech Park, em Joinville. “O espaço abriga caixas de autoatendimento, locker para entrega de encomendas, tablets interativos com informações sobre os produtos, assistente virtual e sala de telessaúde. Queremos estimular uma experiência interativa que inspire o paciente a cuidar da sua saúde”, aponta o diretor comercial Marcelo A. Voos.

Distribuidoras de medicamentos e de crédito

Com as redes dominando o mercado e priorizando operações próprias de distribuição, o atacado farmacêutico regional arregaçou as mangas em busca de alternativas. De bandeira paranaense e com 30 mil PDVs na carteira, a DP4 encorpou sua estrutura digital para monitorar o fluxo de pagamentos e recebimentos das farmácias, assumindo também o papel de bureau financeiro.

“Assim, controlamos eventuais casos de inadimplência com muito mais rapidez e ajudamos a atenuar a realidade financeira”, explica o gerente comercial Leandro Kluber.

A Gauchafarma, por sua vez, deixou de lado os planos de crescimento fora da região e concentra atuação em Santa Catarina e no Rio Grande do Sul, onde atende 5 mil lojas. “A pressão inflacionária de hoje é uma realidade à qual já não estávamos acostumados e pode achatar as margens. Por isso, decidimos concentrar a expansão nessas duas praças”, explica o CEO Marcio Cervo.

Fonte: Redação Panorama Farmacêutico


Cadastre-se para receber os conteúdos também no WhatsApp  e no Telegram

Jornalismo de qualidade e independente O Panorama Farmacêutico tem o compromisso de disseminar notícias de relevância e credibilidade. Nossos conteúdos são abertos a todos mediante um cadastro gratuito, porque entendemos que a atualização de conhecimentos é uma necessidade de todos os profissionais ligados ao setor. Praticamos um jornalismo independente e nossas receitas são originárias, única e exclusivamente, do apoio dos anunciantes e parceiros. Obrigado por nos prestigiar!

Cadastre-se para receber os conteúdos também no WhatsApp  e no Telegram

Jornalismo de qualidade e independente O Panorama Farmacêutico tem o compromisso de disseminar notícias de relevância e credibilidade. Nossos conteúdos são abertos a todos mediante um cadastro gratuito, porque entendemos que a atualização de conhecimentos é uma necessidade de todos os profissionais ligados ao setor. Praticamos um jornalismo independente e nossas receitas são originárias, única e exclusivamente, do apoio dos anunciantes e parceiros. Obrigado por nos prestigiar!
Você pode gostar também

Esse site utiliza cookies para aprimorar sua experiência de navegação. Mas você pode optar por recusar o acesso. Aceitar Consulte mais informação