O maior canal de informação do setor

Após aglomerações, Farmácia de Minas terá outro endereço em BH, diz secretário de Saúde

386

A Farmácia de Minas vai funcionar em um prédio no bairro Lagoinha, ainda sem previsão para mudança. A informação foi anunciada na tarde desta quinta-feira (14), durante coletiva de imprensa. Funcionários da Farmácia de Minas organizaram fila nesta manhã.

Veja também: Rede farmacêutica restaura prédio da Belle Époque em Manaus

A Farmácia de Minas, que atualmente é localizada na avenida do Contorno, no bairro Santo Agostinho, na Região Centro-Sul de Belo Horizonte, vai mudar de endereço.

Siga nosso Instagram

O anúncio da mudança foi feito pelo secretário de Estado de Saúde de Minas Gerais, Fábio Baccheretti, durante entrevista coletiva, na manhã desta quinta-feira (14).

Aulas presenciais obrigatórias, fim das máscaras e vacinação: secretário de Saúde fala sobre pandemia em MG

Segundo o chefe da pasta, a Farmácia vai funcionar no bairro Lagoinha, região Noroeste da capital. Ele não divulgou o endereço exato, nem a data da mudança.

“O local é um monte de fator de problemas, já pedi pra nossa equipe encontrar um caminho que todos aguardem a distribuição de medicamentos assentados. Em BH, vamos mudar de prédio, estrutura melhor, vamos resolver de uma vez por todas. Vamos deixar as pessoas assentadas lá dentro, vai ser no bairro da Lagoinha, próximo a passarela, local de bom acesso”.

Ele disse que, assim que terminar algumas adaptações, o local será inaugurado.

Baccheretti disse que quase 50% das pessoas que buscam medicamentos vão sem agendar. “Não temos previsibilidade de gente que vai chegar. Isso tem a ver com a dificuldade de medicamento que o governo federal está com dificuldades para entregar”.

O secretário disse que a ideia é que todos os municípios tenham uma distribuição. “Sua Farmácia de Minas vinculada a do posto. Vamos incentivar financeiramente”, disse.

Conforme foi mostrado no g1 e TV Globo por diversas vezes, a Farmácia de Minas em BH é cenário de falta de remédios e aglomerações.

No dia 8 de outubro, a TV Globo mostrou que mais de 20 remédios estão em falta nas unidades da Farmácia de Minas em todo o estado. Segundo a Secretaria Estadual de Saúde (SES-MG), no dia, um dos motivos do desabastecimento foi a demora na entrega por parte dos fornecedores.

De acordo com a SES-MG, parte desses medicamentos é comprada diretamente pelo Ministério da Saúde e só depois disso é encaminhada aos município. Por conta disso, será necessário aguardar a aquisição.

No dia 14 de setembro, g1 mostrou um homem que desmaiou na fila da Farmácia de Minas, enquanto aguardava para pegar remédios.

Procurada na época, pela equipe da TV Globo, a Secretaria de Estado de Saúde (SES-MG), em nota, afirmou que “o usuário recebeu os primeiros cuidados pelos próprios técnicos da farmácia, que acionaram imediatamente o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU)”.

Sobre as filas, a SES ainda disse que “a Farmácia de Minas, com o objetivo de evitar aglomerações em ambientes fechados, e em observância aos protocolos da pandemia, tem-se utilizado do espaço externo à farmácia para a organização das filas” e pediu aos usuários que “respeitem seu horário previamente agendado para o atendimento e mantenham-se sempre hidratados”.

Fonte: Pouso Alegre 24 Horas

Você pode gostar também

Esse site utiliza cookies para aprimorar sua experiência de navegação. Mas você pode optar por recusar o acesso. Aceitar Consulte mais informação