fbpx
O maior canal de informação do setor

‘Capitã Cloroquina’ idealizou o app TrateCov, revela Pazuello na CPI

132

O ex-ministro da Saúde Eduardo Pazuello afirmou, nesta quarta-feira (19/5), que coube à secretária de Gestão do Trabalho e Educação, Mayra Pinheiro, desenvolver a ideia do aplicativo TrateCov, que indicava remédios sem eficácia comprovada para tratamento de pacientes da Covid-19.

‘Foi a secretária Mayra Pinheiro, me trouxe como sugestão, que poderia usar uma plataforma já desenvolvida para isso, para facilitar o diagnóstico clínico feito pelo médico’, revelou Pazuello.

A plataforma, entretanto, ‘nunca entrou em operação’, conforme informado pelo ministro. ‘Ela iria iniciar esse trabalho para fechar essa plataforma. Essa plataforma foi mostrada no dia 11 de janeiro em Manaus, estava em desenvolvimento, um protótipo. Não foi distribuída aos médicos, foi copiada por um cidadão e, depois fizemos um BO [Boletim de ocorrência]’.

Segundo o ex-ministro, um homem teria copiado o aplicativo e o lançou sem o consentimento da pasta. ‘Esse cidadão fez a divulgação da plataforma, foi copiada. Quando soube que poderia ser usada por pessoas que não eram de dentro do planejado, determinei que ela fosse tirada do ar’, completou.

Fonte: Metrópoles

Veja também: https://panoramafarmaceutico.com.br/2021/05/20/capita-cloroquina-idealizou-o-app-tratecov-revela-pazuello-na-cpi/

Cadastre-se para receber os conteúdos também no WhatsApp  e no Telegram

Jornalismo de qualidade e independente O Panorama Farmacêutico tem o compromisso de disseminar notícias de relevância e credibilidade. Nossos conteúdos são abertos a todos mediante um cadastro gratuito, porque entendemos que a atualização de conhecimentos é uma necessidade de todos os profissionais ligados ao setor. Praticamos um jornalismo independente e nossas receitas são originárias, única e exclusivamente, do apoio dos anunciantes e parceiros. Obrigado por nos prestigiar!
Você pode gostar também

Esse site utiliza cookies para aprimorar sua experiência de navegação. Mas você pode optar por recusar o acesso. Aceitar Consulte mais informação