fbpx

Com eventos e aulas, laboratórios e farmácias dão até 50% de desconto em testes

Segundo Abrafarma, 24.445 testes de Covid foram feitos em Minas Gerais na última semana de junho. Redes de laboratórios e drogarias de BH garantem que não haverá falta de insumos

Com a volta às aulas presenciais e a liberação dos eventos culturais e sociais em Belo Horizonte, a procura por testes de Covid-19 em farmácias e redes de laboratórios pode aumentar. Dados da Associação Brasileira das Redes de Farmácias e Drogarias (Abrafarma) mostram que 24.445 testes de Covid foram feitos em Minas Gerais, entre os dias 21 e 27 de junho, sendo 22.872 (93,57%) de antígenos – para diagnosticar a doença em fase aguda – e 1.573 (6,43%) de anticorpos – para detectar se houve a produção de anticorpos contra o coronavírus.

E para atender esse possível aumento na demanda, laboratórios e redes de drogarias da capital garantem que estão preparados, não haverá falta de insumos e já articulam parcerias para oferecer descontos atrativos.

‘Temos empresas de cerimonial nos procurando para avaliar condições especiais e fechamento de parcerias. Dependendo do número de pessoas que forem testadas, vamos conseguir dar desconto de até 25% nos exames RT-PCR. Com a retomada dos eventos na cidade, a gente tem uma expectativa de aumento entre 15% a 20% na demanda diária de testes, principalmente mais próximo do fim de semana’, afirma Isabel Dias, gerente técnica de serviço farmacêutico da Drogaria Araujo.

Com 180 lojas na capital, a rede de drogarias atende uma demanda de aproximadamente 2.000 testes de Covid por dia, com preços que variam de R$ 110,00 (anticorpos) até R$ 350,00 (RT-PRC). Na área de educação, a gerente técnica informa que a drogaria já fez parcerias com os sindicatos das escolas públicas e privadas para oferecer descontos de 10% a 25% nos exames de Covid para alunos e professores em todo o Estado. ‘É só apresentar um comprovante que vincule o profissional ou o estudante com a escola, em uma das nossas lojas, para obter o desconto’, diz Isabel.

Já o laboratório Hermes Pardini tem a expectativa de realizar até 4.000 testes na área de cultura, nos próximos meses, através do projeto “De volta aos palcos, com segurança’, lançado essa semana como incentivo à testagem dos profissionais envolvidos na produção cultural da cidade. Os testes de RT-PCR ou de antígenos de swab nasal feitos por projetos culturais poderão receber descontos de 50% no exame. ‘Não vai faltar insumos. Há estoque suficiente para atender a demanda e a rede tem capacidade para processar 20 mil RT-PCR (padrão ouro para diagnóstico da COVID) por dia’, informa o laboratório.

‘Todos os laboratórios públicos e, principalmente, os privados tem capacidade instalada de produção que permite absorver um grande número de testes de Covid, sem transtornos. Mesmo que haja aumento da demanda por causa da flexibilização da Prefeitura de BH, o mercado privado não vai ter dificuldade nenhuma em absorver esses exames, sem nenhum transtorno da para a sua operação’, garante o farmacêutico Mozart Chaves, diretor comercial do Laboratório Lustosa.

Com uma média diária de 150 testes de Covid realizados em junho na rede Lustosa, Mozart acredita que a procura pelos exames deve manter uma certa estabilidade. ‘Acredito que a demanda por testes de Covid vai se manter estável, próximo da média de atendimentos dos meses de abril, maio e junho. Com o aumento da oferta desses exames no mercado, a redução do preço já está acontecendo nas redes de laboratórios e drogarias. Conforme pesquisa de mercado feita no dia 01 de julho, já temos uma redução de 4% no valor do RT-PRC e 21% na exame de Pesquisa de Antígeno em Belo Horizonte’, diz.

Fonte: O Tempo online

Cadastre-se para receber os conteúdos também no WhatsApp  e no Telegram

Jornalismo de qualidade e independente O Panorama Farmacêutico tem o compromisso de disseminar notícias de relevância e credibilidade. Nossos conteúdos são abertos a todos mediante um cadastro gratuito, porque entendemos que a atualização de conhecimentos é uma necessidade de todos os profissionais ligados ao setor. Praticamos um jornalismo independente e nossas receitas são originárias, única e exclusivamente, do apoio dos anunciantes e parceiros. Obrigado por nos prestigiar!
Notícias relacionadas

Esse site utiliza cookies para aprimorar sua experiência de navegação. Mas você pode optar por recusar o acesso. Aceitar Consulte mais informação

viagra online buy viagra