O maior canal de informação do setor

Como e onde descartar medicamentos e resíduos de saúde?

253

Medicamentos – Para fomentar as estratégias de logística reversa, a Roche e a eCycle, desenvolveram uma plataforma onde é possível encontrar informações sobre o manuseio e o descarte correto de remédios vencidos, sobras, seringas, agulhas, frascos e embalagens e a identificação. Por meio de geolocalização os consumidores podem encontrar postos de coleta e informações sobre esses materiais.

Siga nosso Instagram: https://www.instagram.com/panoramafarmaceutico/

A iniciativa tem como objetivo evitar que esses resíduos sejam jogados no lixo comum ou no esgoto doméstico e prejudiquem o solo e as fontes de água, colocando em risco o meio ambiente, os animais e, consequentemente, a nossa saúde – em abril deste ano resíduos de remédios foram encontrados em estação de tratamento de água destinada ao consumo humano. Também serve de alerta para diferenciar os variados materiais que envolvem um medicamento e como destinar cada um deles.

‘Temos a embalagem primária, que tem contato direto com o medicamento e também deve ser desprezado corretamente. A secundária é a caixa de papel, que juntamente com a bula, pode ser encaminhada para reciclagem’, explica Rogério Nakamura, Gerente de Serviços, Segurança, Saúde e Meio Ambiente da Roche Farmacêutica.

Descarte e destino

Para identificar os postos de coleta mais próximos, basta acessar a plataforma, indicar um critério de busca como cidade, bairro, endereço ou CEP, e clicar em ‘Buscar Postos’. Logo em seguida, aparece um mapa que indica vários pontos de coleta, como farmácias, Unidades Básicas de Saúde (UBS) e supermercados. Caso não seja localizado nenhum local próximo, o ideal é procurar a Vigilância Sanitária da região.

Em 2020, foram mapeados 2.554 pontos em todo o Brasil, quatro vezes mais do que em 2016, primeiro ano da iniciativa. Isso demonstra que o interesse da população por atitudes mais sustentáveis, incluindo o descarte responsável de medicamentos, é pauta que vem ganhando cada vez mais força e urgência.

Após serem entregues nos postos de coleta, o material é retirado por empresas especializadas que dão o correto destino a eles. Os objetos perfurocortantes, como seringas e agulhas, por exemplo, devem ser descartados em caixas específicas de armazenamento para evitar que as pessoas sofram acidentes por perfuração. Os medicamentos vencidos e produtos químicos são destinados à incineração, em locais preparados ambientalmente para essa ação e seguindo todas as exigências dos órgãos reguladores.

Reuso e reciclagem

Outra iniciativa liderada pela Roche em relação às embalagens de medicamentos começou em março de 2021, com um programa de logística reversa de embalagens da cadeia de frio no Centro de Distribuição. Por meio dela, 100% de clientes da empresa que compram em grande escala, como distribuidores, clínicas e hospitais do canal público e privado, podem optar por realizar a devolução das materiais no ato da entrega ou em uma futura remessa.

As embalagens usadas no transporte e refrigeração de medicamentos de cadeia fria, são higienizadas e reutilizadas no fluxo produtivo dentro de seu período de validade. A água descartada nas trocas vai para a limpeza do Centro de Distribuição. Já caixas de isopor, papelão e alças plásticas são destinadas para cooperativas parceiras.

Apenas com o piloto dessa iniciativa, 3,8 mil kg de papelão e 4,3 mil kg de isopor foram enviados para cooperativas parceiras ou tiveram a destinação correta. Também, 6,7 mil kg de plásticos e 32 mil litros de água dos elementos refrigerantes foram poupados, devido a reutilização destas matérias-primas.

A previsão é de que o programa seja expandido. Estima-se que 24 mil kg de papelão e 27 mil kg de isopor poderão ser recolhidos por cooperativas ou corretamente destinados, bem como 41 mil kg de plástico e 195 mil litros de água poderão potencialmente deixar de ser utilizados.

Fonte: Ciclo Vivo

Leia também: https://panoramafarmaceutico.com.br/evento-inedito-debate-o-novo-e-commerce-no-canal-farma/

Você pode gostar também

Esse site utiliza cookies para aprimorar sua experiência de navegação. Mas você pode optar por recusar o acesso. Aceitar Consulte mais informação