Fique por dentro dos principais FATOS e TENDÊNCIAS que movimentam o setor

Compras online já são primeira opção de 48% dos brasileiros

Acompanhe as principais notícias do dia no nosso canal do Whatsapp

Compras online já são primeira opção de 48% dos brasileiros
Foto: Canva

As compras online já representam a opção preferencial de quase metade dos consumidores brasileiros (48%), em detrimento das lojas físicas. E 85% já efetivaram alguma transação por plataformas de ­e-commerce.

É o que revela a pesquisa Comportamento de compra online: hábitos de compra dos brasileiros na internet e sua relação com anúncios, realizada pelo IAB Brasil, em parceria com a Offerwise. O levantamento envolveu 2 mil consumidores acima de 18 anos que utilizaram canais de vendas digitais nos últimos seis meses até novembro de 2023.

Segundo o estudo, o hábito de preferir as compras online é mais frequente na classe A, na faixa etária de 25 a 34 anos e entre os pais de crianças de até 12 anos.

Frequência de compras online

Entre os que já compraram online o ato já se tornou um hábito, sendo que mais da metade dos entrevistados fizeram aquisições pela internet há menos de um mês. Desse total, 67% são mulheres e 87% integram a classe A.

Última vez que comprou online

Já em relação à frequência de compra, 36% fazem mensalmente, 18% semanalmente, 6% diariamente, 18% a cada dois meses e 22% entre três e seis meses.

Os smartphones são os meios mais utilizados pelos internautas no ambiente do e-commerce, totalizando 89% de uso. Computador (39%), tablet (8%), smart TV  (7%) e console de games (5%) aparecem a seguir na lista de preferências.

Impulso nas compras online? Só que não…

A pesquisa aponta que o impulso tem pouco espaço na jornada de compras online, justamente pelo fato de os canais digitais permitirem comparações mais rápidas de preços, promoções e condições. Os sites ou apps das lojas de varejo e marketplace são os meios mais utilizados para essa tarefa.

  • 79% – Sempre pesquisa
  • 20% – Pesquisa às vezes
  • 1% – Não pesquisa

Meios de pesquisa

Sites ou apps de varejo e marketplaces – 58%
Buscadores online – 47%
Sites ou apps de opiniões e avaliações de produtos – 35%
Diretamente no site ou app da marca ou fabricante – 34%
Nas redes sociais – 32%
Em sites ou app de comparação de preços – 27%
Consultando amigos e familiares – 19%
E-mails promocionais e newsletters – 10%

Fonte: IAB/ Offerwise

Efetividade dos anúncios

Os anúncios online são bem efetivos entre os compradores. Depois de vê-los, a maioria pesquisa mais sobre os produtos que lhe interessam e quase metade

clica na peça publicitária para conseguir mais informações. “Além disso, a conversão de compra é alta – oito em cada dez usuários admitem já ter tomado a decisão de compra após terem acesso à propaganda”, observa Ana Moisés, presidente do IAB.

Gatilhos de compra

Preço/promoção e frete grátis são os principais gatilhos de compra.

O que mais chama atenção em anúncios:

  • Frete grátis – 71%
  • Promoções – 70%
  • Relevância do produto – 45%
  • Cupons – 34%
  • Novidade da marca – 25%
  • Design criativo – 20%
  • Publicações/ publieditoriais – 14%

O que mais influencia na decisão de compra

  • Preço – 85%
  • Frete – 80%
  • Notas/ avaliações online – 67%
  • Familiaridade com a marca – 57%
  • Recomendação de amigo ou parentes – 50%
  • Recomendação de influenciadores – 43%
  • Outra – 6%

Finalização da compra e acesso via farmácias

Os sites e aplicativos de marketplaces e grandes varejistas lideram na hora de finalizar a compra. Já plataformas especializadas em uma determinada categoria, por serem mais nichadas e atenderem a interesses específicos, são menos procuradas em termos de volume.

É o caso das farmácias, que representam 20% das opções de fechamento de compra. “Mas a julgar pelos 44% dos consumidores que costumam adquirir produtos de beleza na web e 27% quando o assunto são artigos de saúde, o varejo farmacêutico tem uma janela de oportunidades”, acrescenta.

Notícias Relacionadas

plugins premium WordPress
error: O conteúdo está protegido !!