fbpx
O maior canal de informação do setor

Conheça a farmacogenética

A farmacogenética tem como objetivo identificar mudanças genéticas que possam causar efeitos adversos em medicações, de forma

A farmacogenética tem como objetivo identificar mudanças genéticas que possam causar efeitos adversos em medicações, de forma a aprimorar a eficiência dos tratamentos clínicos.

Veja também: Inovação vs tabu: health tech quer medir como seu corpo reage à …

Somente nos Estados Unidos, 100 mil pessoas morrem por ano por falta de resposta a medicamentos ou efeitos colaterais. A farmacogenética atua para evitar quadros como esses.

Siga nosso Instagram

Como funciona a farmacogenética?

Usualmente, medicamentos são metabolizados por enzimas do citocromo p450. Essas enzimas possuem genes, e esses genes têm características que mudam de pessoa para pessoa. Essas variações podem afetar os índices de metabolização.

Isso faz com que pessoas que tenham um determinado alelo (nome dado a essas características) metabolizem o medicamento muito rapidamente, na velocidade ideal ou de forma muito lenta.

Na prática, a questão é a seguinte: se o metabolismo é rápido, o medicamento é eliminado mais rápido, precisando a dose ser maior para que o efeito desejado seja alcançado. No metabolismo lento, é o oposto. Uma dose menor deve ser fornecida, pois o remédio permanecerá mais tempo no organismo.

É a partir dos exames realizados pela farmacogenética que se consegue estudar como o organismo de cada indivíduo irá reagir aos tratamentos e, a partir dessa informação, decidir o caminho mais indicado.

Usos da técnica

Em casos de depressão, segundo pesquisa da UFMG, a taxa de sucesso nos tratamentos fica entre 40% a 70%. Ou seja, de 30% a 60% dos pacientes, mesmo tomando o medicamento indicados, não atingem o resultado almejado. Isso pode ser solucionado com o estudo genético.

Outro ponto importante no combate a essa doença é a polifarmácia – quando o paciente consome mais de um medicamento para combater a depressão. Nesses casos, a farmacogenética estuda a interação farmacocinética no organismo, para que a terapia possa ter uma maior eficácia.

Fonte: Redação Panorama Farmacêutico


Cadastre-se para receber os conteúdos também no WhatsApp  e no Telegram

Jornalismo de qualidade e independente
Panorama Farmacêutico tem o compromisso de disseminar notícias de relevância e credibilidade. Nossos conteúdos são abertos a todos mediante um cadastro gratuito, porque entendemos que a atualização de conhecimentos é uma necessidade de todos os profissionais ligados ao setor. Praticamos um jornalismo independente e nossas receitas são originárias, única e exclusivamente, do apoio dos anunciantes e parceiros. Obrigado por nos prestigiar!

Cadastre-se para receber os conteúdos também no WhatsApp  e no Telegram

Jornalismo de qualidade e independente O Panorama Farmacêutico tem o compromisso de disseminar notícias de relevância e credibilidade. Nossos conteúdos são abertos a todos mediante um cadastro gratuito, porque entendemos que a atualização de conhecimentos é uma necessidade de todos os profissionais ligados ao setor. Praticamos um jornalismo independente e nossas receitas são originárias, única e exclusivamente, do apoio dos anunciantes e parceiros. Obrigado por nos prestigiar!
Você pode gostar também

Esse site utiliza cookies para aprimorar sua experiência de navegação. Mas você pode optar por recusar o acesso. Aceitar Consulte mais informação

viagra online buy viagra