O maior canal de informação do setor

SP lança frente em defesa da cannabis medicinal

947

SP lança frente em defesa da cannabis medicinal

São Paulo pode dar um exemplo de compromisso com a saúde e a inovação. A Assembleia Legislativa de São Paulo (Alesp) lançou oficialmente nesta quarta-feira, dia 20, a Frente Parlamentar em Defesa da Cannabis Medicinal e Cânhamo Industrial.

O grupo integra 21 deputados de 12 partidos, com o objetivo de fomentar a discussão e o aprimoramento da legislação e de políticas públicas no estado. O movimento tem o apoio de representantes da sociedade civil, de órgãos públicos e da comunidade acadêmica e científica.

Participaram do lançamento algumas entidades representativas ligadas ao uso da cannabis medicinal. A iniciativa pretende dar voz a todos os atores envolvidos na pauta. É o que garante o coordenador da frente parlamentar e líder do Partido Novo, Sérgio Victor.

“É urgente aliviar o sofrimento de pacientes e seus familiares, desburocratizando processos e facilitando o acesso à terapia, ainda bastante restrita e cara e com uma demanda crescente. Prioritariamente, precisamos reforçar a defesa consciente do uso medicinal da cannabis e permitir que a população em geral possa fazê-lo por meio do SUS”, comenta.

As atribuições do grupo são:

  • Analisar proposições e programas que disciplinem os assuntos referentes à cannabis medicinal e do cânhamo industrial
  • Apoiar e realizar eventos que incentivem políticas e desenvolvimento de ações com a participação de empresas, universidades, pesquisadores e sociedade civil
  • Fomentar iniciativas inovadoras e disruptivas para o mercado

Estudos apontam bons resultados da cannabis medicinal no tratamento de pelo menos 26 condições, como autismo, câncer e Parkinson.

Siga nosso Instagram

Cannabis medicinal tem mercado aquecido

A importação da cannabis medicinal apresentou um aumento de 127% no volume de pedidos de importação apenas no primeiro semestre de 2021. Isso levou a Anvisa a reduzir o tempo de análise e aprovação, por meio da RDC 570/2021, que facilitou o acesso ao medicamento.

A agência também aponta que, por ano, a demanda por esse tratamento cresce 400%. Entre 2015 e setembro de 2021, o número de autorizações subiu de 850 para mais de 22 mil.

Segundo a Kaya Mind, empresa de inteligência de mercado para o setor de cannabis, mesmo com a burocracia vigente, a previsão de movimento de mercado para esse ano é de R$ 40 milhões. Em 2020, o setor movimentou R$ 21 milhões.

Veja também: Anvisa otimiza importação de-produtos derivados da cannabis

 

Fonte: Redação Panorama Farmacêutico


Cadastre-se para receber os conteúdos também no WhatsApp  e no Telegram

Jornalismo de qualidade e independente
Panorama Farmacêutico tem o compromisso de disseminar notícias de relevância e credibilidade. Nossos conteúdos são abertos a todos mediante um cadastro gratuito, porque entendemos que a atualização de conhecimentos é uma necessidade de todos os profissionais ligados ao setor. Praticamos um jornalismo independente e nossas receitas são originárias, única e exclusivamente, do apoio dos anunciantes e parceiros. Obrigado por nos prestigiar!

 

Veja também: https://panoramafarmaceutico.com.br/cristalia-investira-r-800-milhoes-em-internacionalizacao/

Você pode gostar também

Esse site utiliza cookies para aprimorar sua experiência de navegação. Mas você pode optar por recusar o acesso. Aceitar Consulte mais informação