Fique por dentro dos principais FATOS e TENDÊNCIAS que movimentam o setor

Dicas e conselhos para uma escovação de dentes de milhões

Acompanhe as principais notícias do dia no nosso canal do Whatsapp

Escovação de dentes

A escovação de dentes é uma parte vital de nossa rotina e que garante uma saúde bucal mais completa. Mas não basta simplesmente pegar uma escova e manuseá-la de qualquer jeito.

Nesse texto, vamos responder algumas questões sobre o tema e também dar algumas dicas para você ficar craque na sua higiene bucal. Então, partiu intensivão da escovação?

Tem jeito certo de fazer a escovação de dentes? 

Não existe um “jeito certo” para escovar seus dentes, mas existem alguns parâmetros que você deve levar em conta. O primeiro deles é o tempo. Uma escovação muito rápida nem sempre é a mais eficaz e pode até mesmo machucar sua gengiva.

Uma maneira de controlar a “pressa” na hora da higiene bucal é utilizar um relógio enquanto escova os dentes. Sempre faça movimentos delicados e curtos e dê especial atenção para aquelas regiões de mais difícil alcance ou que já precisaram passar por procedimentos, como coroas ou restaurações.

Tem ordem certa? 

Comece a escovação de dentes pela parte externa, aquela que fica virada para a bochecha, dos dentes de cima e depois limpe a mesma região nos debaixo. Agora vá para a parte interna, seguindo a ordem cima-baixo.

Na sequência foque nas partes do dente que são protagonistas na mastigação. Nunca esqueça que a língua também deve ser escovada.

Dicas 

O movimento deve ser da gengiva para a ponta dos dentes e você deve segurar a escova em ângulo de 45 graus. O movimento é circular e sempre de maneira suave.

O ideal é que você escove seus dentes ao menos duas vezes por dia. Uma delas deve ser antes de dormir. Isso porque, durante a noite, há uma maior chance das bactérias se proliferarem em nossa boca.

A noite também não é o melhor momento para comer aquele docinho. Esses alimentos também aumentam o risco de proliferação de bactérias e, se sua escovação de dentes não for exemplar, cáries podem te encontrar em um futuro próximo.

Se você usa aparelho ortodôntico, a escova interdental será uma grande aliada de sua saúde bucal. Por ter um formato diferente e espessura pequena, ela pode ser utilizada para limpar os espaços entre os dentes, assim como o fio dental.

Como escolher a melhor escova? 

Para uma limpeza mais eficaz durante a escovação dental, o ideal são as escovas que possem cerdas macias. Além disso, aquelas que tem cabeças menores conseguem acessar melhor regiões mais difíceis.

Quando devo trocar de escova? 

Se notar que sua escova começa a apresentar sinais de desgaste, você deve trocá-la. Mesmo que ela esteja em boas condições, três meses após o início de seu uso para a escovação de dentes, você deve trocá-la.

Caso, nesse meio tempo, você acabe contraindo alguma doença contagiosa, como a covid-19, gripe ou resfriado, você deve trocar sua escova. Isso porque alguns micro-organismos podem permanecer nas cerdas e causar novas infecções.

Como devo guardar? 

O ideal é que você tenha uma caixinha ou, ao menos, uma tampinha para sua escova de dentes. Ela deve ser mantida em um lugar seco e com as cerdas voltadas para cima.

A escova de dentes é de uso individual, viu? Nada de emprestar para o coleguinha, a menos que você queira conviver com cáries e infecções.

O papel da pasta de dente 

Cada pessoa terá uma pasta de dente mais adequada para seu quadro e sua saúde bucal. No varejo farmacêutico você encontrará produtos específicos para os mais diversos fins, como:

  • Cáries
  • Gengivite
  • Manchas
  • Sensibilidade
  • Tártaro

A partir da análise de seu caso e histórico, o dentista poderá determinar qual é o mais indicado para você.

Notícias mais lidas

Notícias Relacionadas

plugins premium WordPress