O maior canal de informação do setor

Falta de pessoal qualificado trava ações de marketing digital

1.744

marketing digital

Marketing digital – Qual a maior dificuldade para sua empresa no universo das mídias sociais? A última enquete do Panorama Farmacêutico expôs uma grande lacuna no mercado farmacêutico nacional – a falta de pessoal qualificado.

Esse foi considerado o principal entrave para o setor intensificar suas estratégias de marketing digital, de acordo com 1.004 dos 2.169 assinantes do portal que participaram da enquete. O número corresponde a 46% do total, distante dos 32% (703) que apontaram barreiras regulatórias. Somente 12% (252 leitores) indicaram como obstáculo a identificação de influenciadores apropriados para esse trabalho, enquanto 3% (70) acreditam que o investimento é baixo.

Mas o problema reside mesmo na qualificação atual da mão de obra? Ou se trata de um erro de direção dos gestores do canal farma? A provocação partiu do consultor Luis Henrique Coelho, diretor executivo da AGL, agência que iniciou operações neste primeiro semestre com a proposta de atuar exclusivamente junto a farmácias associativistas e independentes.

“Com a valorização da farmácia como ponto de venda e de atenção à saúde, fica cada vez mais difícil encontrar profissionais que tenham o conjunto de conhecimentos para todas as áreas a serem aprimoradas na loja. E como muitos proprietários de drogarias ainda não enxergam o marketing digital como ativo realmente estratégico, é comum que eles recorram a soluções caseiras para alimentar a rede social”, comenta.

Para Coelho, delegar a atividade a agências especializadas pode fazer com que a mídia social vá muito além de um mero canal de divulgação. “O pequeno e médio varejo não tem poder de fogo para investir em uma super plataforma, mas tem perfil no Instagram, no Facebook e presença no WhatsApp. O que falta é movimentar essas contas de maneira ideal, permitindo que o profissional da farmácia aloque 100% do seu tempo para o atendimento presencial ao cliente”, aconselha.

Nova enquete

A enquete da semana diz respeito à rastreabilidade de medicamentos, que passará a ser obrigatória a partir de abril de 2022. No entanto, a ausência de uma Instrução Normativa por parte da Anvisa vem cercando o tema de incertezas. Com isso, muitas empresas do setor sequer iniciaram a adequação, que gira em torno de um ano segundo especialistas. E como está a sua companhia em relação a esse assunto? Participe e colabore para o debate.

Fonte: Redação Panorama Farmacêutico


Cadastre-se para receber os conteúdos também no WhatsApp  e no Telegram

Jornalismo de qualidade e independente
Panorama Farmacêutico tem o compromisso de disseminar notícias de relevância e credibilidade. Nossos conteúdos são abertos a todos mediante um cadastro gratuito, porque entendemos que a atualização de conhecimentos é uma necessidade de todos os profissionais ligados ao setor. Praticamos um jornalismo independente e nossas receitas são originárias, única e exclusivamente, do apoio dos anunciantes e parceiros. Obrigado por nos prestigiar!

Leia também: https://panoramafarmaceutico.com.br/brasil-entra-no-top-10-na-venda-de-medicamento-de-alta-complexidade/

Você pode gostar também

Esse site utiliza cookies para aprimorar sua experiência de navegação. Mas você pode optar por recusar o acesso. Aceitar Consulte mais informação