Fique por dentro dos principais FATOS e TENDÊNCIAS que movimentam o setor

Farmácia Popular pode se tornar gasto obrigatório

Acompanhe as principais notícias do dia no nosso canal do Whatsapp

Farmácia Popular
Foto: Elza Fiúza/Agência Brasil

O Farmácia Popular pode se tornar parte dos gastos obrigatórios do governo. O Congresso articula para inserir o programa nessa lista em meio às discussões para determinar o orçamento federal de 2024. As informações são do Estadão.

Para tal, o programa teria que se tornar uma lei, o que possibilitaria que um piso mínimo de investimento fosse alocado anualmente na distribuição de medicamentos.

A ideia da Frente Parlamentar Mista da Saúde (FPMS) é que, transformando o Farmácia Popular em lei, o projeto estaria “blindado” em futuros governos e não poderia ser descontinuado.

“É um projeto muito importante para a sociedade. O Farmácia Popular é uma política pública e deve ser política de Estado, não de governo. Queremos transformar em lei, com mais recursos e remédios”, afirma Zacharias Calil (União-GO), presidente da FPMS, em declaração ao veículo.

A reportagem também procurou o Ministério da Saúde para questionar sobre o movimento, mas não teve resposta.

Farmácia Popular tem apenas 51 vagas preenchidas

Na última sexta-feira, dia 11, o governo federal anunciou o preenchimento das primeiras novas vagas para ingressar no programa Farmácia Popular. Apesar de 1.622 colocações estarem abertas, apenas 51 foram preenchidas.

As 51 drogarias que conseguiram se credenciar no programa representam menos de 5% das cotas disponíveis, ou seja, uma adesão baixa e já adiantada por especialistas.

A busca por novas farmácias para integrar o programa começou no dia 14 de junho. Esse foi o primeiro credenciamento realizado em oito anos.

Notícias Relacionadas

plugins premium WordPress