O maior canal de informação do setor

Google lança campanha contra fake news sobre covid-19

101

O Google iniciou a campanha ‘Conheça os Fatos’ contra a desinformação sobre a pandemia do novo coronavírus. O objetivo é oferecer conscientização sobre o acesso a informações e recursos que ajudem a manter as pessoas seguras, começando pelas orientações de prevenção da doença em produtos do Google, como a Busca, Google Maps e YouTube. A iniciativa foi lançada na 5ª feira (15.abr).

Na busca, ao pesquisar sobre ‘vacina covid’ ou ‘ vacina coronavírus’, o Google mostra carrosséis de notícias de fontes jornalísticas sobre o tema, assim como painéis com informações verificadas sobre o número de doses de imunizantes aplicadas no Brasil, o percentual da população vacinada, assim como o avanço histórico da população imunizadas e outras informações sobre o tema.

Uma seção do Google Notícias dedicada a temas relacionados a covid-19 mostra as principais matérias e reportagens, nacionais e locais, publicações recentes de autoridades de saúde em redes sociais, e uma página especial com fatos e dados atualizados sobre a pandemia no mundo.

No Google Maps estão disponíveis dados locais e informações de fontes verificadas sobre prevenção à covid-19, além de atualizações sobre a pandemia. Na ferramenta, é possível, ainda, consultar horários de pico, com a previsão de lotação de estabelecimentos, e ainda alertas de mobilidade, que podem, por exemplo, monitorar serviços de transporte, mostrando o nível de aglomeração ou indicando se há limitação de circulação ou necessidade de uso de máscara.

No YouTube, também serão privilegiadas informações de fontes verificadas. Na página inicial e nas buscas relacionadas ao coronavírus ou à covid-19 da plataforma, são exibidos vídeos de especialistas e veículos jornalísticos no topo dos resultados. m painel de informações que direciona os usuários para os sites de órgãos oficiais, como Ministério da Saúde e Anvisa.

Fonte: Poder 360

Veja também: https://panoramafarmaceutico.com.br/2021/02/04/google-tem-recorde-de-faturamento-alavancado-pela-pandemia-de-covid-19/

Você pode gostar também

Esse site utiliza cookies para aprimorar sua experiência de navegação. Mas você pode optar por recusar o acesso. Aceitar Consulte mais informação