fbpx
O maior canal de informação do setor

Grupo DPSP vai virar ecossistema digital de saúde

376

Grupo DPSP vai virar ecossistema digital de saúde

Com o objetivo de unir médicos, laboratórios, hospitais, planos de saúde e clientes em um único ambiente digital, o Grupo DPSP lança nesta semana o Viva Saúde, seu ecossistema virtual de saúde. As informações são da IstoÉ Dinheiro.

Veja também: Procura por farmacêuticos e assistentes cresce mais de 40% nas farmácias

As metas para os primeiros cinco anos da plataforma do DPSP são ousadas: reunir 150 mil médicos (30% dos profissionais do Brasil) e atender 10 milhões de pacientes.

Siga nosso Instagram

Com modelo semelhante ao utilizado no open banking, a plataforma engloba serviços como teleconsultas, agendamento de exames, comparação de preços, criação de prontuário eletrônico e também o fornecimento de informações de acordo com o perfil do usuário.

O CEO do grupo, Jonas Laurindvicius, vê o “super app” como uma importante ferramenta para desafogar o sistema de saúde tradicional. “É um modelo inédito de negócio no país, com imenso potencial de democratizar o acesso à saúde e desafogar hospitais, laboratórios e consultórios médicos”, comenta.

Nova estratégia afetará PDVs do Grupo DPSP

As mudanças movidas pelo Viva Saúde chegarão também aos PDVs. Em breve, todas as 1.393 unidades da rede terão sua parcela “virtual”, no que está sendo chamado de “conceito figital”. Um dos exemplos são os produtos comprados pela internet, que poderão ser retirados na loja.

Também pelo aplicativo, o cliente da loja física terá a possibilidade de acessar todo o estoque dos centros de distribuição do grupo. Com aquisições de empresas de tecnologia, a companhia almeja garantir 70% das entregas em até quatro horas.

Outra mudança que acontecerá diretamente na loja é a ampliação das salas de atendimento farmacêutico, que serão equipadas para oferecer consultas remotas e a aplicação de vacinas. Esse sistema começou a ser implementado em 2020, com 180 unidades. Em 2021, o número foi ampliado, chegando a 263 salas.

“Oferecer serviços num formato de omnicanalidade, e não apenas vender remédio, é nossa fórmula para incentivar a fidelidade dos clientes às nossas marcas e aumentar a rentabilidade. Queremos sair da guerra de descontos no balcão”, disse Laurindvicius.

Fonte: Redação Panorama Farmacêutico


Cadastre-se para receber os conteúdos também no WhatsApp  e no Telegram

Jornalismo de qualidade e independente
Panorama Farmacêutico tem o compromisso de disseminar notícias de relevância e credibilidade. Nossos conteúdos são abertos a todos mediante um cadastro gratuito, porque entendemos que a atualização de conhecimentos é uma necessidade de todos os profissionais ligados ao setor. Praticamos um jornalismo independente e nossas receitas são originárias, única e exclusivamente, do apoio dos anunciantes e parceiros. Obrigado por nos prestigiar!

Cadastre-se para receber os conteúdos também no WhatsApp  e no Telegram

Jornalismo de qualidade e independente O Panorama Farmacêutico tem o compromisso de disseminar notícias de relevância e credibilidade. Nossos conteúdos são abertos a todos mediante um cadastro gratuito, porque entendemos que a atualização de conhecimentos é uma necessidade de todos os profissionais ligados ao setor. Praticamos um jornalismo independente e nossas receitas são originárias, única e exclusivamente, do apoio dos anunciantes e parceiros. Obrigado por nos prestigiar!
Você pode gostar também

Esse site utiliza cookies para aprimorar sua experiência de navegação. Mas você pode optar por recusar o acesso. Aceitar Consulte mais informação