Fique por dentro dos principais FATOS e TENDÊNCIAS que movimentam o setor

Inteligência artificial amplia acesso a medicamentos no RS

Acompanhe as principais notícias do dia no nosso canal do Whatsapp

Inteligência artificial
Foto: Canva

A Defensoria Pública do Rio Grande do Sul passará a utilizar a inteligência artificial para agilizar o processo de análise de documentações em processos para o recebimento gratuito de medicamentos por pacientes de baixa renda. As informações são do Serpro.

Por meio da tecnologia, Defensoria tem como objetivo agilizar a análise de documentos e otimizar a geração de petições, tornando o processo de obtenção dos remédios mais rápido e assertivo.

“A união de tecnologia de ponta com missão social ilustra um exemplo de como a inovação pode ser aplicada para atender as necessidades da população de maneira eficaz e humanizada”, comenta o defensor público e coordenador do Centro de Atuação Especializada, Marcelo Piton.

Inteligência artificial também é utilizada na produção de medicamentos 

Outro setor que tem utilizado a inteligência artificial é o acadêmico, no caso, para a criação de novos medicamentos, como um remédio desenvolvido para a malária.

Pesquisadores da Unicamp, USP e UFG utilizaram a tecnologia e identificaram remédios já aprovados para o uso em humanos ou em fase de estudo clínico.

O alvo do trabalho, divulgado na revista ACS Omega, foi o Plasmodium falciparum, espécie responsável pelos casos mais graves da doença no país.

Notícias mais lidas

Notícias Relacionadas

plugins premium WordPress