Fique por dentro dos principais FATOS e TENDÊNCIAS que movimentam o setor

Inteligência artificial na saúde já recebeu US$ 6,1 bi

Acompanhe as principais notícias do dia no nosso canal do Whatsapp

Inteligência artificial
Foto: Canva

O mercado cada vez se mostra mais atento ao uso de inteligência artificial na saúde. E essa já é área que mais recebeu investimentos em IA, algo em torno de US$ 6,1 bilhões (R$ 29,67 bilhões). As informações são da Época Negócios.

Os dados foram retirados do 2023 AI Index Report, da Universidade de Stanford. Para os especialistas, a saúde está mais preparada para a IA e essa disponibilidade irá aumentar os investimentos ainda mais.

“Nos próximos dez anos, o investimento esperado no setor da saúde será de quase US$ 188 bilhões (R$ 914,34 bilhões)”, afirma a professora de procurement and supply chain na ESCP Business School e presidente do comitê de compras da Assistance Publique-Hôpitaux de Paris, Irène Foglierini.

Inteligência artificial pode ser usada para descobrir novos medicamentos

Segundo a especialista, o uso mais promissor da inteligência artificial na saúde será na descoberta de novos medicamentos. Ela também destaca outras searas onde a tecnologia se mostrará útil.

“Além de prever doenças em certas pessoas, também será possível personalizar os cuidados médicos e melhorar o uso dos medicamentos, principalmente para doenças como o câncer e diabetes”, completa.

Irène ainda completa dizendo que, com um processo de produção otimizado, a pegada de carbono deixada pela indústria farmacêutica também poderia ser diminuída com o uso da inteligência artificial.

“Um estudo recente mostra que os laboratórios farmacêuticos emitem 52 milhões de toneladas de CO² por ano, mais do que o setor automotivo. A IA pode desempenhar um papel importante na redução da pegada de carbono desta indústria, ao otimizar os processos de produção de medicamentos”, aponta.

Remédios com IA já estão em teste

Não pense que o uso da inteligência artificial na saúde é coisa do futuro. Ela já é uma realidade. A Insilico Medicine iniciou os ensaios clínicos de fase 2 de um medicamento inteiramente descoberto e projetado por IA.

Trata-se do medicamento INS018_055, usado no tratamento para a fibrose pulmonar idiopática, doença que reduz a capacidade do órgão de realizar trocas gasosas.

A empresa anunciou no começo de julho que recrutaria 60 pessoas com a doença na China e nos EUA para avaliar a segurança, tolerabilidade e eficácia preliminar do medicamento.

Notícias mais lidas

Notícias Relacionadas

plugins premium WordPress