Fique por dentro dos principais FATOS e TENDÊNCIAS que movimentam o setor

Lucro da Walgreens frustra investidores

Acompanhe as principais notícias do dia no nosso canal do Whatsapp

lucro da Walgreens

O lucro da Walgreens frustrou expectativas dos investidores e foi mais fraco no primeiro trimestre deste ano. A rede também mudou para baixo a previsão de lucratividade para todo o ano.

Segundo o balanço da companhia, o lucro por ação totalizou somente US$ 1, quando o esperado pelos analistas do mercado financeiro era de US$ 1,07. As informações são da Dow Jones.

As vendas até que avançaram no período, com faturamento de US$ 35,4 bilhões e crescimento de 8,6%. Mas a queda na demanda por serviços relacionados à pandemia da covid-19 e consumidores cada vez mais cautelosos nas compras, em função da pressão inflacionária, ajudam a explicar essa desaceleração.

Lucro da Walgreens reflete recuo na América Latina

O lucro da Walgreens aquém das expectativas reflete um recuo da varejista na América Latina. A rede anunciou em maio a intenção de a rede Farmacias Ahumada, seu braço no Chile.

A partir de agora, a rede de drogarias será comanda por investidores locais, liderados pela empresa de gestão de ativos LarainVial. Os termos do negócio são sigilosos e a transação ainda precisa ser aprovada pelos órgãos responsáveis.

A expectativa é que a transação se complete até o fim do ano. Ao todo, a Farmacias Ahumada mantém 300 PDVs no país e emprega mais de três mil colaboradores.

O braço latino da Walgreens já figurava nos jornais há algum tempo. No ano passado, a Ahumada deu início a um corte de funcionários, o que afetou diretamente farmacêuticos e auxiliares de farmácia.

Assim como no Brasil, no Chile uma farmácia só pode funcionar com a presença de um profissional farmacêutico. Com esses desligamentos, a rede precisou fechar algumas lojas.

Concorrência também não vive mar de rosas

A CVS também não tem vida fácil. A companhia anunciou que irá encerrar sua divisão de ensaios clínicos. A previsão para o fechamento total é 31 de dezembro de 2024.

De acordo com o Drug Store News, um porta-voz da empresa afirmou que descontinuar o projeto é parte de uma avaliação contínua do portfólio e de um alinhamento com as “prioridades estratégicas de longo prazo”.

O porta-voz também afirma que a transição será “suave”, para minimizar os impactos aos investidores e aos pacientes do CVS Clinical Trial Services. A varejista reposicionará os colaboradores internamente e dará suporte de transição de carreira para aqueles que não puderem ser realocados.

Notícias Relacionadas

plugins premium WordPress
error: O conteúdo está protegido !!