fbpx

8 em 8 horas? 12 em 12? Qual a melhor hora para tomar o remédio?

melhor hora para tomar o remédio

Para alguns pacientes, a parte mais difícil de um tratamento é determinar a melhor hora para tomar o remédio. Apesar de cada medicamento ter um intervalo específico para ser ingerido, é importante estudar bem o relógio para não ter o dissabor de acordar no meio da madrugada.

Além disso, cabe aos profissionais de saúde orientar sobre os melhores momentos para cada fármaco: se ele deve ser ingerido em jejum ou após as refeições, por exemplo.

Nesse texto, vamos inserir algumas sugestões para fazer seu tratamento da maneira mais cômoda e eficaz possível.

Qual a melhor hora pra tomar o remédio? 

Cada medicamento age de uma maneira diferente dentro do organismo e é igualmente metabolizado de uma maneira distinta. Por isso não há uma melhor hora para tomar o remédio única, visto que cada um possui sua particularidade.

Por isso, existem algumas medidas que vão facilitar os tratamentos de uma maneira geral, às quais você deve se ater.

Sempre dê preferência para aqueles horários que não interferirão nos sagrados períodos de sono. Afinal, um organismo bem descansado está muito mais propenso a se recuperar de uma doença. Mas, como você verá abaixo, nem sempre será possível.

De 4 em 4 horas 

Alguns medicamentos, como os utilizados para o combate à febre, podem demandar doses bem próximas umas das outras, como de 4 em 4 horas. Esse será o cenário mais incômodo para determinar a melhor hora para tomar o remédio, pois você terá que, invariavelmente, interromper seu sono para ingerir a medicação.

Ao todo, você tomará o fármaco seis vezes ao dia. Uma sugestão de horário para minimizar os impactos seria tomar a primeira dose às 6h, a segunda às 10h, terceira às 14h, quarta às 18h, quinta às 22h e a sexta às 2h.

De 6 em 6 horas

Alguns antibióticos precisam ser tomados de 6 em 6 horas. Ou seja, durante um dia, você tomará quatro doses do medicamento. A melhor hora para tomar o remédio nesse caso é às 6h, pois, partir daí, as próximas doses serão ao meio-dia, às 18h e às 24h.

De 8 em 8 horas

O tratamento começa a ficar mais simples, visto que já temos algumas opções para que você determine a sua melhor hora para tomar o remédio.

No caso dos intervalos de 8 em 8 horas, você pode começar o dia com um comprimido às 6h ou às 7h. Os horários seguintes serão 14h ou 15h e 22h ou 23h.

De 12 em 12 horas

Os tratamentos com dois comprimidos aos dias são dos mais simples de se organizar. Isso porque, uma vez que determinar um horário pela manhã, basta “inverte-lo” durante a noite.

Por exemplo, se você tomou a primeira dose às 7h, a segunda será às 19h, ou seja, as sete de noite, e assim por diante. Olhando sua rotina, será fácil determinar qual a melhor hora para tomar o remédio desta maneira.

Atenção

Agora que você já sabe algumas táticas para determinar a melhor hora para tomar o remédio e também já viu algumas sugestões de horários, fique atento a essas observações importantes.

Em primeiro lugar, alguns medicamentos agem melhor no organismo em jejum. Sempre é recomendável acionar o profissional da saúde antes de iniciar o tratamento.

Alguns medicamentos podem causar sono ou sensação de fraqueza. Por isso, opte por tomá-los no período noturno ou então evite atividades potencialmente perigosas após o consumo, como dirigir ou manejar máquinas.

Na hora de ingerir o remédio, o melhor é acompanhá-lo com 200 ml de água. Isso porque, além dessa quantidade ser suficiente para facilitar a deglutição, ela também agilizará o processo de absorção do fármaco.

Evite tomar os medicamentos com sucos ou leite. Isso porque essas bebidas podem acabar interferindo em sua absorção e eficácia. Bebidas alcóolicas devem passar longe.

Fonte: Redação Panorama Farmacêutico 

Cadastre-se para receber os conteúdos também no WhatsApp  e no Telegram

Jornalismo de qualidade e independente O Panorama Farmacêutico tem o compromisso de disseminar notícias de relevância e credibilidade. Nossos conteúdos são abertos a todos mediante um cadastro gratuito, porque entendemos que a atualização de conhecimentos é uma necessidade de todos os profissionais ligados ao setor. Praticamos um jornalismo independente e nossas receitas são originárias, única e exclusivamente, do apoio dos anunciantes e parceiros. Obrigado por nos prestigiar!
Notícias relacionadas

Esse site utiliza cookies para aprimorar sua experiência de navegação. Mas você pode optar por recusar o acesso. Aceitar Consulte mais informação

viagra online buy viagra