Fique por dentro dos principais FATOS e TENDÊNCIAS que movimentam o setor

Nem sempre secura ocular está relacionada à síndrome do olho seco

Acompanhe as principais notícias do dia no nosso canal do Whatsapp

secura ocular

A secura ocular tem diversas causas, ou seja, você não precisa ter o diagnóstico de olho seco para manifestar esse sintoma.  Segundo a oftalmologista Tatiana Nahas, especialista em cirurgia plástica ocular, existem alguns fatores de riscos e causas que podem levar à secura ocular que não estão relacionadas à síndrome do olho seco.

Confira as principais causas de secura ocular

Fumaça /Poluição

A fumaça de cigarros e charutos, fumaça de incêndios ou ainda a poluição do ar pode causar ressecamento da superfície ocular. “Essas condições podem aumentar a evaporação do filme lacrimal levando à secura nos olhos. Porém, é um sintoma passageiro que tende a melhorar sozinho quando a pessoa volta para um ambiente com o ar mais limpo”, afirma Tatiana.

Ar seco/ ambientes climatizados/ vento

O ar-condicionado resseca o ambiente e, consequentemente, pode causar irritação e secura ocular. O ar seco também ocorre quando são usados os aquecedores de ambiente. Por fim, as estações secas do ano também reduzem de forma considerável a umidade relativa do ar. Como resultado, muitas pessoas podem sentir os olhos mais secos e irritados nessas condições climáticas.

A oftalmologista explica que tanto em ambientes resfriados ou aquecidos, a causa da secura ocular está relacionada à evaporação acelerada do filme lacrimal. “Vale lembrar que o vento também pode ressecar os olhos, portanto ventiladores têm o mesmo efeito das demais condições que falamos”.

Exposição excessiva às telas

Hoje o uso de celulares, tablets e computadores é algo rotineiro. Estima-se que nove em cada 10 brasileiros usam celulares todos os dias. Entretanto, a exposição excessiva e prolongada a esses dispositivos eletrônicos é prejudicial para a saúde ocular em vários sentidos. Uma das consequências é a secura ocular.

“A explicação é que quando estamos em frente às telas piscamos menos. Com isso, há um déficit na distribuição do filme lacrimal na superfície ocular. Quando isso ocorre por tempo prolongado, todos os dias, a pessoa pode sentir os olhos mais secos de forma contínua”, reforça a médica.

Queimaduras químicas/ irritação

Há muitos produtos de limpeza que podem causar problemas oculares, como a secura. Mesmo que o produto não entre em contato direto com os olhos, o seu vapor pode ser suficiente para causar irritação ou até uma queimadura química na superfície ocular. Quanto mais forte o odor, maior a chance de isso ocorrer. Nessa lista podemos colocar água sanitária, cloro, amoníaco, álcool, perfumes e spray de ambientes.

Uso de remédios

Todo e qualquer medicamento que usamos pode ter um ou mais efeitos colaterais. Ou seja, um efeito que não é o seu objetivo terapêutico. Algumas classes de medicamentos podem causar ressecamento dos olhos. Entre eles estão antidepressivos, remédios para dormir, anticonceptivos, descongestionantes, antialérgicos e medicamentos para pressão alta. “Nesses casos, o paciente deve procurar um oftalmologista para buscar uma maneira de aliviar o sintoma, já que muitos remédios são de uso contínuo”, comenta.

Envelhecimento natural

O envelhecimento afeta todo o nosso corpo, ou seja, rugas e cabelos brancos são apenas os sinais externos de que estamos envelhecendo. Aos 65 anos, há uma redução na produção de lágrimas de cerca de 60%. As mulheres sofrem ainda mais com esse problema devido à menopausa e à variação hormonal típica dessa fase. Por isso, a síndrome do olho seco é muito mais prevalente em pessoas com mais de 50 anos. A estimativa da prevalência nessa população é de 15 a 40%.

Secura ocular ou síndrome do olho seco?

Como você viu, há diversas situações que podem causar secura ocular. O mais importante é entender a maioria dos casos do ressecamento dos olhos é uma situação passageira e explicada pelos fatores ambientais e comportamentais.

Por outro lado, quando o sintoma é persistente e não está associado a situações que podem causar a secura dos olhos, o ideal é procurar seu oftalmologista para um exame.

Olho seco: além do ressecamento ocular

A síndrome do olho seco ocorre quando há algum desequilíbrio ou problemas nas glândulas meibomianas. “Nesses casos, pode ocorrer falta de produção ou de secreção do meibum, a parte gordurosa da lágrima. Com isso, a qualidade do filme lacrimal é afetada e resulta no desenvolvimento da síndrome do olho seco”, aponta Tatiana.

Outro ponto de atenção é que a síndrome do olho seco causa outros sintomas além do ressecamento ocular, bem como são manifestações persistentes. Entre elas podemos citar:

  • Vermelhidão ocular
  • Ardência
  • Irritação
  • Sensação de areia nos olhos
  • Coceira
  • Sensibilidade à luz
  • Embaçamento visual ao longo do dia

Notícias mais lidas

Notícias Relacionadas

plugins premium WordPress