Fique por dentro dos principais FATOS e TENDÊNCIAS que movimentam o setor

Inteligência artificial acelera busca por medicamentos

Acompanhe as principais notícias do dia no nosso canal do Whatsapp

NVIDIA
Foto: Canva

A NVIDIA anunciou nesta terça-feira, dia 21, um sistema de inteligência artificial generativa que tem potencial para auxiliar a indústria farmacêutica na busca por novos medicamentos. O serviço BioNeMo foi criado para acelerar os processos mais demorados e custosos da linha de pesquisa de novas drogas, com base em documentos já publicados por pesquisadores.

Para Kimberly Powell, vice-presidente de saúde da NVIDIA, a inteligência artificial representa uma enorme promessa para os setores farmacêutico e de ciências biológicas. “O sistema fornece modelos previamente treinados e permite a personalização de modelos com dados proprietários que atendem a todos os estágios do pipeline de descoberta de medicamentos, ajudando os pesquisadores a identificar o alvo certo, desenvolver moléculas e proteínas e prever suas interações no organismo para desenvolver o melhor candidato a medicamento”, explica.

Amgen adere à inteligência artificial

A farmacêutica Amgen já está usando o serviço para avançar seus esforços de pesquisa e desenvolvimento. “O BioNeMo está acelerando drasticamente nossa abordagem para as descobertas biológicas. Com ele, podemos treinar previamente os grandes modelos de linguagem (LLMs) para biologia molecular nos dados proprietários da Amgen, o que nos permite explorar e desenvolver proteínas terapêuticas para a próxima geração de medicamentos que vai ajudar os pacientes”, afirma Peter Grandsard, diretor executivo de Descoberta de Terapias Biológicas do Centro de Aceleração de Pesquisas por Inovação Digital da Amgen.

Descoberta de medicamentos via inteligência artificial

O serviço em nuvem BioNeMo inclui modelos de inteligência artificial previamente treinados para ajudar os pesquisadores a construir pipelines de IA para o desenvolvimento de medicamentos. Ele foi adotado por empresas de descoberta de medicamentos, incluindo a Evozyne e a Insilico Medicine, para oferecer apoio ao desenvolvimento de medicamentos orientado por dados para novos candidatos terapêuticos.

“Com essas novidades, muitos pacientes serão curados de forma mais rápida e indolor, além de possibilitarmos pesquisas para novos medicamentos que vão melhorar a vida das pessoas ao redor de todo mundo”, comemora Marcel Saraiva, gerente de vendas para área da saúde da divisão Enterprise da NVIDIA.

Os modelos de IA generativa podem identificar rapidamente possíveis moléculas de medicamentos – em alguns casos, desenvolvendo componentes ou terapias baseadas em proteínas a partir do zero. Treinados em grandes datasets de grande escala de pequenas moléculas, proteínas, sequências de DNA e RNA, esses modelos podem prever a estrutura 3D de uma proteína e o quanto uma molécula se ligará a uma proteína-alvo.

Notícias mais lidas

Notícias Relacionadas

plugins premium WordPress