fbpx

O mau armazenamento das medicações podem trazer danos perigosos à saúde

O armazenamento das medicações pode causar alterações físico-químicas, o que altera a eficiência terapêutica. Por isso, a caixa de medicamentos em casa deve ser guardada em local fresco, seco, protegido da luz e com todos os medicamentos dentro da embalagem original.

Banheiro e cozinha estão proibidos como locais de armazenamento, já que são locais úmidos e quentes, respectivamente, e assim, as medicações podem perder suas propriedades mesmo que ainda estejam dentro do prazo de validade.

Os remédios ainda não devem estar próximos a cosméticos ou aos produtos de limpeza.

Água para ingerir

O medicamento deve ser ingerido apenas com água já que o estômago possui pH ácido, portanto os remédios são desenvolvidos para este ambiente, ou para serem absorvidos no estômago ou no intestino. A bebida pode alterar o pH do estômago e, consequentemente, a absorção do medicamento. Outras bebidas, como sucos, refrigerantes e leite podem reagir quimicamente com os compostos do medicamento e comprometer a eficiência.

Ingerir o medicamento sem água também não é aconselhável, já que o líquido ajuda a passagem do medicamento pelo esôfago evitando que este fique retido, além de haver chances de perder um pouco da dose do medicamento. Isso também se aplica a remédios de gotas, que podem ser diluídos em água.

Álcool e medicação

Misturar álcool e medicamento também é perigoso, pois pode cortar a eficiência de alguns medicamentos, potencializar o efeito do álcool, causar sonolência e perda de coordenação. Ambas substâncias são metabolizadas pelas enzimas do fígado e, quando ingeridas simultaneamente, pode comprometer o desempenho do órgão e reduzir a eficácia da metabolização.

Tem problema partir o comprimido?

Triturar ou cortar o comprimido ou abrir a cápsula do medicamento para facilitar a ingestão é um grande erro, principalmente para crianças.

Os fármacos são desenvolvidos para serem absorvidos pelo melhor local e, aos poucos, o revestimento de cada comprimido resiste ou não ao suco gástrico do estômago para chegar ao intestino, onde é melhor absorvido para liberar o princípio ativo lentamente. Quando parte o comprimido, o revestimento é destruído e o medicamento é absorvido muito rápido e no local errado. Geralmente os comprimidos que possuem uma linha no meio são feitos para a repartição, mas consultar antes a bula do medicamento e um profissional da saúde é essencial antes de sair cortando.

Automedicação

A automedicação com o uso incorreto e indiscriminado de medicamentos pode mascarar um sintoma que a pessoa pensa ser simples, mas que pode ser grave. Há também o risco de agravamento da doença, dependência e eventos adversos, por isso o uso deve ser acompanhado por um profissional da saúde. O uso racional dos medicamentos depende tanto do médico quanto de você – só tome medicamentos quando realmente necessário e sempre procure orientação médica.

Fonte: Guia do Bebê

Cadastre-se para receber os conteúdos também no WhatsApp  e no Telegram

Jornalismo de qualidade e independente O Panorama Farmacêutico tem o compromisso de disseminar notícias de relevância e credibilidade. Nossos conteúdos são abertos a todos mediante um cadastro gratuito, porque entendemos que a atualização de conhecimentos é uma necessidade de todos os profissionais ligados ao setor. Praticamos um jornalismo independente e nossas receitas são originárias, única e exclusivamente, do apoio dos anunciantes e parceiros. Obrigado por nos prestigiar!
Notícias relacionadas

Esse site utiliza cookies para aprimorar sua experiência de navegação. Mas você pode optar por recusar o acesso. Aceitar Consulte mais informação

viagra online buy viagra