O maior canal de informação do setor

O que são os anticorpos monoclonais aprovados para tratamento da Covid-19

174

O que são os anticorpos monoclonais aprovados para tratamento da Covid-19 (via VejaSaude)

Cresce a lista de remédios dessa classe liberados pela Anvisa. Mas, devido ao alto custo e avanço da vacinação, eles devem ficar restritos a poucos grupos

‘A diferença entre os dois é que as vacinas são desenhadas para estimular a produção natural de anticorpos. Logo, é uma imunização ativa. No caso dos monoclonais, os anticorpos já estão prontos: é a imunização passiva’, esclarece Siqueira.

Especialistas questionam o papel desses medicamentos em um cenário em que boa parte da população está sendo imunizada e, portanto, produzindo seus próprios anticorpos neutralizantes a partir da picada.E tem mais: embora promissores, os monoclonais são caríssimos, chegando a custar milhares de reais. Isso faz com que o tratamento seja inacessível para a maior parte da população. Consequentemente, não dá para imaginar que eles serão capazes de conter a pandemia – ao contrário da vacinação.

Fora que esses remédios são liberados em pequenos lotes por causa do alto investimento e do processo delicado de produção, baseado em cultura de células. ‘Nem todos os hospitais têm acesso. Acho improvável que sejam utilizados em larga escala’, avalia o infectologista Alexandre Zavascki, do headtopics.com

.Por isso, a expectativa é que essas fórmulas sirvam de opção para grupos específicos, como pessoas comcomorbidades ou imunossuprimidos, que têm um maior risco de desenvolver os sintomas graves da doença, mesmo após receber a imunização completa.

Fonte: Head Topics

Veja também: https://panoramafarmaceutico.com.br/rm-farma-tera-nova-sede-em-sao-paulo-e-esta-contratando/

Você pode gostar também

Esse site utiliza cookies para aprimorar sua experiência de navegação. Mas você pode optar por recusar o acesso. Aceitar Consulte mais informação