fbpx
O maior canal de informação do setor

Pague Menos compra Extrafarma por R$ 600 milhões

Avança negociação entre Extrafarma e Pague Menos

Na última sexta-feira, dia 14, o Panorama Farmacêutico antecipou com exclusividade que o namoro entre as duas redes estava engatando. Agora esquentou de vez. As Farmácias Pague Menos fecharam na noite desta segunda-feira (dia 17) a compra da Extrafarma por R$ 600 milhões.

A informação foi confirmada por duas fontes à agência Reuters. Com o negócio, a rede cearense se tornaria a segunda maior rede do varejo farmacêutico nacional em faturamento, ultrapassando o Grupo DPSP. Hoje, de acordo com o ranking da Abrafarma, a Raia Drogasil é líder nesse quesito. Especialistas do mercado apontam que a aquisição deve agregar até R$ 250 milhões ao Ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) da Pague Menos até 2023.

A transação elevará em um terço o número de lojas, que saltaria de 1.105 para 1.503 pontos de venda. Com cerca de 320 unidades adicionais, a Pague Menos ganha força especialmente nas regiões Norte e Nordeste – onde viu a distância em market share para a Raia Drogasil cair em torno de três pontos percentuais no primeiro trimestre.

Do valor total, a Pague Menos pagará R$ 300 milhões ao Grupo Ultra, controlador da Extrafarma, assim que o Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) der sinal verde para o negócio. O aporte restante será repassado nos próximos dois anos. O valor da Extrafarma foi fixado em R$ 700 milhões, levando em consideração o caixa e o endividamento atuais.

Histórico das negociações

As conversas tiveram início no fim do ano passado, quando o Grupo Ultra manifestou interesse em se desfazer da divisão de varejo farmacêutico para focar atuação no setor de óleo e gás – seu carro-chefe. A companhia escalou o Bradesco BBI para encontrar um comprador. Em janeiro, o presidente da Pague Menos, Mário Queirós, revelou que recebeu sondagens para dar andamento à transação, mas enxergava uma sobreposição entre as duas operações. Mas no mês seguinte, quando surgiram novos rumores, o executivo preferiu não se manifestar.

Analistas projetam uma consolidação dos principais players do setor a partir da onda de IPOs em 2020. Um deles envolveu a própria Pague Menos, que levantou R$ 850 milhões e decidiu destinar mais de 60% do aporte para ampliar o número de lojas.

Fonte: Redação Panorama Farmacêutico


Cadastre-se para receber os conteúdos também no WhatsApp  e no Telegram

Jornalismo de qualidade e independente
Panorama Farmacêutico tem o compromisso de disseminar notícias de relevância e credibilidade. Nossos conteúdos são abertos a todos mediante um cadastro gratuito, porque entendemos que a atualização de conhecimentos é uma necessidade de todos os profissionais ligados ao setor. Praticamos um jornalismo independente e nossas receitas são originárias, única e exclusivamente, do apoio dos anunciantes e parceiros. Obrigado por nos prestigiar!

Leia também: https://panoramafarmaceutico.com.br/2021/05/10/plano-gratuito-da-clinicarx-viabiliza-servicos-clinicos-em-pequenas-farmacias/

Cadastre-se para receber os conteúdos também no WhatsApp  e no Telegram

Jornalismo de qualidade e independente O Panorama Farmacêutico tem o compromisso de disseminar notícias de relevância e credibilidade. Nossos conteúdos são abertos a todos mediante um cadastro gratuito, porque entendemos que a atualização de conhecimentos é uma necessidade de todos os profissionais ligados ao setor. Praticamos um jornalismo independente e nossas receitas são originárias, única e exclusivamente, do apoio dos anunciantes e parceiros. Obrigado por nos prestigiar!
Você pode gostar também

Esse site utiliza cookies para aprimorar sua experiência de navegação. Mas você pode optar por recusar o acesso. Aceitar Consulte mais informação

viagra online buy viagra