Fique por dentro dos principais FATOS e TENDÊNCIAS que movimentam o setor

País inova na venda online de medicamentos

Acompanhe as principais notícias do dia no nosso canal do Whatsapp

venda online de medicamentos
Foto: Canva

A partir de 2025, a venda online de medicamentos no Japão será única. Isso porque o país irá liberar a comercialização de quase todos os remédios pelo meio digital. As informações são do Valor Econômico.

No país, a venda de MIPs pelo e-commerce é liberada desde de 2014, mas a comercialização de medicamentos controlados por meio de delivery só foi permitida em 2022. Agora, o varejo farmacêutico japonês resolveu tirar o atraso.

Ainda em 2023, o martelo será batido sobre a comercialização desses itens pela internet. Um comitê ministerial analisará o projeto e pretende tomar uma decisão até o fim do ano.

Venda online de medicamentos seria condicionada a telefarmácia

De acordo com o projeto, a venda online de medicamentos, apesar de mais abrangente, não será totalmente livre. Esses remédios só poderão ser comercializados mediante o acompanhamento do paciente por meio da telefarmácia.

Além da consulta com um farmacêutico por chamada de vídeo, outras medidas de controle também serão adotadas, como o veto a venda online de contraceptivos de emergência e o controle na quantidade de medicamentos comprados por menores de idade.

Farmácia online é setor promissor

Se no Japão às farmácias online estão ainda mais fortalecidas, no mundo essa é uma tendência que vem ganhando corpo a olhos vistos. Especialistas entrevistados pela Forbes Health apontaram as sete que devem ditar os rumos do setor.

Todas estão baseadas nos Estados Unidos, mercado que prevê movimentar US$ 5,66 bilhões (mais de R$ 28 bilhões) neste ano. Como parâmetro, o Brasil ainda comemora o fato de o e-commerce de farmácias ter alcançado R$ 6 bilhões de faturamento no ano passado.

Notícias mais lidas

Notícias Relacionadas

plugins premium WordPress