O maior canal de informação do setor

Oxímetro de pulso: como fazer a leitura?

200

Leve, prático e discreto, o oxímetro de pulso é um equipamento capaz de medir a quantidade de oxigênio no sangue, que está sendo transportado no organismo, dispensando o uso de agulhas, já que utiliza o processamento digital. Com funcionamento à pilha ou bateria recarregável, esse acessório, além de garantir precisão eficaz dos resultados, permite monitorar a oximetria em qualquer lugar, facilitando a mobilidade dos usuários. Saiba como fazer a leitura do oxímetro.

Siga nosso instagram: https://www.instagram.com/panoramafarmaceutico/

 Qual a importância de medir o nível de oxigênio sanguíneo?

O oxigênio é considerado o gás que ajuda a manter o equilíbrio do organismo e sua vitalidade. Saber o nível de oxigênio sanguíneo é fundamental, pois caso apresente uma quantidade abaixo do recomendado – mínimo 89% – as células passam a trabalhar com dificuldade, o que acaba sobrecarregando o cérebro e o coração. É importante sempre realizar a avaliação, pois caso este nível se altere muitas vezes, as chances das células serem agredidas ou sofrerem danos aumentam.

O oxímetro de pulso é uma ferramenta essencial para quem sofre com doenças respiratórias e/ou realizam oxigenoterapia. Isso porque, armazena dados recolhidos em até 72 horas, o que possibilita o acompanhamento da evolução clínica do paciente. Além disso, como este equipamento mede os sinais vitais em qualquer lugar, é ideal para que os atletas possam acompanhar suas medições.

 Leitura do oxímetro: como fazer?

Sinônimo de praticidade, o oxímetro de pulso mede os níveis de oxigênio no sangue em poucos segundos! Basta inserir um dedo no aparelho, navegar manualmente pela tela digital e, pronto: seus sinais vitais aparecerão no painel.

O sensor detecta as alterações nos níveis de oxigênio ao monitorar os sinais luminosos gerados pelo oxímetro e refletidos pelo sangue por meio do tecido do dedo. Vale lembrar que antes de cada teste, é importante usar álcool medicinal para limpar a borracha e o dedo.

Fonte: CPAPS

Veja também: https://panoramafarmaceutico.com.br/plano-gratuito-da-clinicarx-viabiliza-servicos-clinicos-em-pequenas-farmacias/

Você pode gostar também

Esse site utiliza cookies para aprimorar sua experiência de navegação. Mas você pode optar por recusar o acesso. Aceitar Consulte mais informação